VISITE NOSSA LOJA VIRTUAL Loja Virtual de Piscina Loja Virtual de Piscina

Ter uma rotina de limpeza é fundamental para manter a qualidade da água da piscina. Isso garante que ela está sempre pronta, livre de sujeira, algas, bactérias e outros micro-organismos prejudiciais à saúde dos banhistas e à conservação da própria piscina. Portanto, neste post, apresentamos um passo a passo de como limpar a piscina. É importante segui-lo à risca para poupar tempo.

1. Inicie pela área ao redor

As sujeiras acumuladas ao redor da piscina, no deck, podem cair na água, levadas pelo vento ou pela própria movimentação de quem está realizando a limpeza. Por isso, é preciso iniciar pela área externa. Comece pela borda e vá se afastando até cobrir todo o deck. Utilize produtos específicos para cada material usado no acabamento ao redor da piscina. Um bom aspirador vai ajudar a retirar o excesso de poeira. 

2. Limpe o skimmer (coadeira)

O skimmer, também conhecido como coadeira, é o local para onde são levadas as sujeiras. Limpe-o, esvaziando seu depósito manualmente. Resíduos acumulados podem impedir seu funcionamento, o que prejudica a drenagem da água para o filtro.

3. Limpe a superfície

Já é corriqueiro, mas vale lembrar: limpe a superfície da água usando uma rede. Retire todos os resíduos mais visíveis, como folhas, galhos, flores, insetos e outras substâncias que estejam boiando na água.

4. Passe para o revestimento

A limpeza do revestimento elimina a proliferação de algas, que podem até manchar a piscina. Cada tipo de revestimento deve ser limpo com o material apropriado. Concreto armado, por exemplo, exige escovas mais duras; fibra de vidro e piscinas emborrachadas pedem uma escova mais macia. Verifique qual o mais adequado para a sua piscina. Escove acima, abaixo e na linha da água, não esqueça das escadas, cascatas, trampolins e outros acessórios.

5. Aspire

Boa parte da sujeira que entra na piscina se instala no fundo dela. Esses resíduos descem até mesmo durante a limpeza feita nos passos anteriores. Então, é preciso aspirar a piscina. Para isso, ligue a mangueira do aspirador a uma ferramenta de sucção, como o skimmer. Se a piscina tiver mais de uma ferramenta, as demais devem ser tampadas, permanecendo aberta apenas a que será conectada ao aspirador. Tenha paciência e aspire o máximo que conseguir, lembre-se dos cantos.

6. Finalize com o tratamento químico

O último passo é o tratamento químico da água, que inclui a cloração, o controle da alcalinidade e do pH. Verifique a alcalinidade e o pH e corrija-os se for o caso. O cloro entra em seguida, como um bactericida e germicida. Siga as instruções do fabricante, mas geralmente você deve dissolver de 4 a 5 g de cloro em 1.000 litros de água.

Essas são as etapas para uma limpeza adequada. Sua periodicidade vai depender da frequência de uso da piscina. Mais uma dica: a cada semestre, verifique também os níveis de metais pesados e de ácido cianúrico, pois seu excesso é prejudicial à saúde. 

Acreditamos que esse roteiro é importante até mesmo para quem conta com um serviço de manutenção terceirizado, pois, sabendo o que fazer, você tem condições de perceber se o trabalho está sendo bem-feito. Agora que você já sabe como limpar a piscina, mãos à obra! E, se achou útil este artigo, compartilhe-o nas suas redes sociais para que mais pessoas tenham acesso às informações.

Powered by Rock Convert

POSTS RELACIONADOS


Share This