VISITE NOSSA LOJA VIRTUAL Loja Virtual de Piscina Loja Virtual de Piscina

Manter a qualidade da água da piscina é essencial para evitar problemas de saúde e reduzir gastos desnecessários com manutenção. Uma piscina limpa e com água transparente é ideal para que os banhistas possam curtir os seus momentos de relaxamento e diversão. Por isso, é muito importante prestar atenção se a água está bem cuidada.

Para lhe ajudar nessa missão, montamos esse post especial. Continue lendo e descubra 6 cuidados para manter a água da piscina sempre em bom estado.  

1. Limpe regularmente as paredes e bordas da piscina

A primeira coisa que os banhistas olham antes de cair na piscina é o estado das bordas e das paredes. Por isso, um dos primeiros cuidados que deve ser prioridade na sua lista é a limpeza periódica desses itens. Existe um produto especial chamado limpa-bordas que não contamina a piscina. A limpeza deve ser feita uma vez por semana com uma escova ou uma esponja macia.

No dia da limpeza das bordas e das paredes, o tempo pode ser otimizado para a aplicação do algicida, que previne a água de ficar turva ou verde. O recomendado é usar 5ml/m³, e não aplicar no mesmo dia da aplicação do cloro, caso ele tenha cobre em sua composição química.

2. Controle o pH da água

Uma piscina que tem o pH muito alto causa irritação dos olhos e da pele. O nível ideal do pH é entre 7,2, e 7,6. Também é importante manter a alcalinidade da piscina, e é possível verificar e ajustar esses dois fatores ao mesmo tempo. Para medir, tenha um bom kit colorimétrico e bons profissionais para lhe auxiliar. As medições devem ser feitas antes de qualquer produto químico ser adicionado à água.

3. Fique atento ao cloro

O cloro é um componente com efeito germicida, mas que pode causar ardência nos olhos e irritação na pele se aplicado em excesso. Ele deve ser aplicado na piscina a cada dois dias, sempre no período da noite. Isso vai evitar que o produto evapore. O nível adequado para o produto é entre 1 e 3 ppm (partes por milhão).

Se a quantidade de cloro estiver fora desses níveis, o uso da piscina deve ser suspenso até a correção. Você também pode usar outros tratamentos germicidas para a piscina como ozônio ou salinização.

4. Limpe o filtro da bomba

É importante limpar essa peça, pois o acúmulo de sujeira pode danificar a bomba. A limpeza é feita desligando o sistema e fechando a válvula do skimmer na bomba. Depois é só soltar a bomba, retirar o cesto e esvaziá-lo. Essa manutenção deve ser feita pelo menos uma vez por mês. Em casos de maior uso da piscina, como no verão, o procedimento pode ser feito a cada duas semanas.

5. Filtre a água

Esse é um trabalho diário. A filtragem da piscina recolhe os itens sólidos que estão suspensos na água. Esse processo deve ser feito por quatro ou oito horas todo dia. O tempo de filtragem varia de acordo com a piscina e o tipo de filtro. Você pode verificar esse dado no nosso Manual completo de tratamento de piscinas, que fizemos gratuitamente para lhe ajudar.

6. Prepare-se

Verifique como está o entorno da piscina. No caso de muitas árvores ao redor, que soltam folhas e atraem muitos insetos, é bom agendar o serviço de poda. Aproveite também para preparar a piscina para quando o verão acabar. Além disso, providencie uma cobertura para que a água mantenha uma temperatura mais aquecida nos dias mais frios.

A cobertura ajuda a prevenir as sujeiras de caírem na água e ainda gera economia nas piscinas que usam sistema de aquecimento, pois a água já começa a ser aquecida morna e exige menos gasto de energia do equipamento.

Caso tenha achado nosso post sobre a qualidade da água da piscina útil, aproveite para compartilhar o conteúdo nas suas redes sociais e deixar que mais pessoas descubram como manter as suas piscinas saudáveis.

POSTS RELACIONADOS


Share This