(X) tipos de tratamento para piscina

Guardião de piscina: importância e vantagens para o condomínio
setembro 24, 2021
Saiba como escolher o aquecedor de piscina ideal no Rio de Janeiro
outubro 15, 2021

(X) tipos de tratamento para piscina

Apesar de a água ser um grande atrativo durante o verão, é preciso estar atento a qualidade das piscinas durante o ano todo. Por esse motivo, é essencial manter uma aparência atrativa e, obviamente, uma boa qualidade e isso só é conquistado quando utilizamos os tipos de tratamento para a piscina corretamente.

A manutenção das piscinas é algo imprescindível para a saúde dos usuários, além disso, uma piscina com água limpa é muito mais atrativa e convidativa para os banhistas. Além dos mais, uma água não tratada é fonte de diversas bactérias e doenças.

Neste post, falaremos sobre os principais tipos de tratamento para a piscina. Leia atentamente e confira!

Por que é necessário o tratamento da piscina?

Ao contrário do que muitos pensam, o tratamento das piscinas vai muito além da questão visual. De fato, recolher as folhas e objetos é o primeiro passo para uma manutenção eficiente do ambiente, porém esse processo é só o início de uma rotina para você ter efetivamente uma água limpa.

Como mencionamos, a água é uma forte fonte de proliferação de doenças, por esse motivo é de suma importância mantê-la limpa e apta para o banho. Isso só é possível com a utilização de tratamentos químicos, pois muitas bactérias não são visíveis a olho nu.

Logo, os tipos de tratamentos para a piscina são necessários para eliminar e reduzir os riscos a saúde, uma vez que possíveis doenças podem ocorrer pelo contato com a água ou, até mesmo, pela ingestão dela.

Quais os principais tipos de tratamento para a piscina?

A limpeza das piscinas começam pela parte física, iniciando pela organização do espaço, como as cadeiras e guarda-sóis, recolhimento das folhas e objetos, além da limpeza das bordas, tornando o local agradável para o convívio.

A limpeza dessas áreas é imprescindível para evitar o acumulo limo nas bordas, a aspiração e filtração também são outros fatores determinantes para a manter a água cristalina, por isso, ter uma casa de máquinas adequada auxilia nesses processos. No entanto, à mais quesitos a considerar, isso é, os tipos de tratamentos para a piscina, veja os principais.

1. Cloro

O controle do cloro é fundamental na manutenção das piscinas, esse produto químico é um dos mais utilizados e conhecidos quando falamos em piscina, contudo é importante estar atento as dosagens, pois o uso incorreto pode ocasionar danos aos equipamentos da piscina, como a formação de algas e o aspecto esverdeado da água, ademais seu uso inadequado pode fazer mal a saúde humana.

2. Íons

De veras, o tratamento das piscinas com íons não é tão popular quanto os demais, porém ele está cada vez mais sendo procurado pelos consumidores.

Em um primeiro momento, esse tipo de tratamento pode parecer mais oneroso frente aos demais, contudo ao longo do tempo ele se torna mais econômico perante aos outros produtos químicos.

Seu processo de ionização é bem simples, esse equipamento é instalado na tubulação da piscina, tornado o processo mais ágil, após essa instalação, o equipamento libera partículas de íons de prata e cobre para a purificação de toda água que circula por esse aparelho, com isso, ele elimina as bactérias e microrganismo.

3. Ozônio

Para a aplicação desse tipo de tratamento é necessário o aparelho ozonizador, juntamente com a eletricidade, nesse processo é liberado o gás ozônio rico em átomos potentes no combate a fungicidas e bactérias.

No entanto, quando falamos em custos dos tipos de tratamentos para a piscina, o tratamento com ozônio se torna um dos mais caros perante os outros.

4. Sal

Isso mesmo, existem tratamentos para piscina com fatores à base de sal. Esse tipo de tratamento é um conjunto do átomo de sal com o átomo do cloro, quando utilizado em piscinas ele libera íons de cloro que faz com que o processo de limpeza ocorra.

Por ser realizado por meio de um equipamento de célula eletrolítica seu principal problema é o alto custo do processo, se tornando menos comum entre os consumidores.

Por que é necessário que o tratamento seja realizado periodicamente?

Para garantir um banho seguro e de qualidade é fundamental que todo o processo seja realizado periodicamente, ademais em locais de grande circulação de pessoas. Logo, fatores como pH e a alcalinidade são imprescindíveis no processo de tratamento.

O recomendável é que o nível de pH esteja por volta de 7,2, isso garante uma maior durabilidade da qualidade da água e a proteção dos equipamentos da piscina. Com o entra e sai das pessoas da água, além do contato com outros fatores, isso pode alterar o pH da piscina por esse motivo é necessário realizar periodicamente esse processo.

Quais os benefícios dos tipos de tratamento para a piscina?

O custo de instalação de uma piscina não é um processo barato, por esse motivo, é essencial dar prioridade a manutenção e tratamento da água, dessa forma garantindo a qualidade do banho, a saúde dos banhista e a proteção dos equipamentos.

Todos os tipos de tratamento para a piscina visam não só a eliminação de doenças, mas interferem diretamente na durabilidade dos equipamentos, aparelhos higienizados são fundamentais para esse processo, uma vez que estamos falando de espaços públicos.

Quando todos esses processos são realizados de forma adequada todos saem ganhando, gerando vários benefícios para o local, veja os principais:

  • qualidade da água;
  • equipamentos duráveis;
  • ambiente agradável;
  • redução de doenças.

Além de prezar pela higienização da piscina, é importante estabelecer regras de convívio nesses ambientes, garantindo o bem-estar de todos, veja algumas dicas de normas para o ambiente:

  • consumo de alimentos e bebidas;
  • orientação sobre a circulação das crianças;
  • orientação sobre a circulação de animais;
  • orientação sobre a higienização antes do banho;
  • profissionais habilitados.

Todos esses processos garantem a qualidade do ambiente, além de apresentar uma boa imagem para os condomínios e clubes. Como podemos perceber a qualidade da água é fundamental para a saúde e para o convívio, por isso é fundamental estar atento a esses quesitos.

Agora que você sabe os principais tipos de tratamento para a piscina e qual a importância deles para o bom uso e proteção dos banhistas, agora aproveite para nos seguir no Instagram, Facebook, WhatsApp e acompanhar nosso conteúdo!