VISITE NOSSA LOJA VIRTUAL Loja Virtual de Piscina Loja Virtual de Piscina

como-reduzir-os-custos-com-piscinaPowered by Rock Convert
Loja VirtualPowered by Rock Convert

Morar em uma casa com piscina é um grande privilégio, principalmente em um país tropical como o nosso, onde faz calor na maioria dos meses. Não tem preço chegar em casa após um dia cansativo no trabalho, dar um mergulho em água cristalina e se divertir com os amigos e a família.

Porém, para usufruir desses momentos é necessário arcar com os trabalhos e custos da manutenção ao longo de todo o ano. Uma das maiores reclamações de quem tem o equipamento em casa é a queda de folhas na piscina. Elas não só influenciam no aspecto visual, como também danificam a qualidade da água, podendo até mesmo deixá-la turva.

Nem por isso você precisa cortar todas as árvores da sua casa ou desistir de ter um jardim. Basta saber como lidar com as folhas e fazer a limpeza corretamente. Para ajudar você nesta tarefa, preparamos este post para explicar as consequências de mantê-las na água e dar dicas de como retirá-las ou evitá-las. Confira!

Quais são os problemas que as folhas trazem para a água?

Assim como qualquer componente orgânico ou objeto que entre em contato com a água, folhas na piscina também interferem no balanceamento químico, causando alteração do pH e da alcalinidade, impedindo o cloro de agir com máxima eficiência e, consequentemente, contribuindo para a proliferação de algas e bactérias.

O motivo de tal transtorno é que folhas produzem matéria orgânica. Além disso, elas estão expostas à chuvas, à luz do sol, ao pouso de pássaros e aos insetos. Sendo assim, ao entrarem em contato com a água da piscina, o cloro terá muito o que combater e deixará de realizar outras funções, causando desequilíbrio químico na água.

Ao mesmo tempo, como as folhas não tem pH neutro e cada espécie possui um índice específico, o pH da água será alterado por cada folha que entrar em contato. Imagine a consequência de dezenas de folhas! A água poderá chegar a ficar turva. Ou seja, se exposta por um longo período de tempo, é provável que a piscina tenha que passar por um tratamento de choque.

Outro fato que vale a pena ser citado é o entupimento de equipamentos, já que a maioria deles é causado por resíduos como folhas. Em alguns casos, a grandeza do transtorno exige a contratação dos serviços de uma empresa desentupidora.

Por último, para aqueles que tem piscina de fibra, é preciso alertar que algumas folhas contêm propriedades que podem causar manchas no material.

Como lidar com as folhas na piscina?

Agora que você já sabe todos os males que as folhas podem causar para a água da piscina, confira 5 dicas para mantê-las afastadas sem precisar abrir mão das suas plantas.

1. Limpe constantemente a superfície da piscina

Acredite, é muito mais fácil limpar a superfície da piscina diariamente do que ignorar os detritos e depois ter que tirá-los do fundo da piscina quando eles já estiverem alterando a cor da água.

Tire todas as folhas, insetos e outras sujeiras com uma peneira especial para piscinas, principalmente no outono, quando a incidência de ventos é maior. Além de evitar a reação com os produtos químicos, você evitará o entupimento de ralos e outros equipamentos.

2. Filtre a água da piscina

Para evitar que folhas e outros resíduos naturais, como insetos, sejam atacados pelo cloro, causando o desperdício do produto, é preciso retirá-los da água o quanto antes.

Por isso, é essencial sempre filtrar a água utilizando o skimmer. Caso você já não tenha o equipamento, é possível adquirir uma versão portátil. Lembre-se apenas de sempre realizar a sua manutenção e limpeza.

3. Cheque a qualidade da água

Quando folhas e outros materiais orgânicos caem na piscina, eles logo entram em decomposição por conta da umidade. Tal fato faz com que os produtos químicos presentes na água entrem em ação para combatê-los. Porém, como a quantidade de cloro e outros agentes é calculada de acordo com a dimensão da piscina, eles não conseguirão realizar seu trabalho.

A consequência será um ambiente contaminado e propício para a criação de bactérias e algas, podendo até deixar a água turva. Sendo assim, confira sempre as condições da água, como o pH, e ajuste se necessário.

Quer uma dica? Quando realizar a poda do jardim, por exemplo, aumente a quantidade de cloro colocado na piscina. Assim, mesmo ele sendo consumido rapidamente para combater os detritos, ainda será o suficiente para manter a qualidade da água.

4. Use capas protetoras

Você conhece o dotado “é melhor prevenir do que remediar”, não conhece? Ele se encaixa perfeitamente também quando o assunto são folhas na piscina. Por isso, uma sugestão é cobri-la enquanto não estiver sendo usada para evitar que os resíduos cheguem até a água.

Mesmo que você não queira camuflar a beleza da piscina, essa pode ser uma saída muito útil em dias de podas. Essa dica vale também para quem não tem jardim em casa. Afinal, folhas podem chegar da rua e de casas vizinhas por meio do vento.

Você pode optar por uma lona ou por um deck. Enquanto as lonas são significantemente mais baratas, os decks são excelente opção para quem gostaria de usar a área da piscina para outras atividades. Ou seja, a decisão sobre o tipo de cobertura é pessoal.

5. Pode as plantas

Para evitar que as folhas cheguem até a piscina, cuide do entorno. Prefira espécies que apresentem menos queda de folhas e flores e dê prioridade para aquelas que contenham estes elementos com maior dimensão. Você perceberá que é fácil retirar folhas maiores do que várias pequenas.

Mantenha a poda das plantas em dia para evitar que as folhas se soltem sozinhas. Uma dica é também recolher as que caírem ao chão para evitar que elas cheguem até a piscina por meio de ventos.

Lembre-se que a manutenção da água deve ser feita em todas as estações do ano e, diferentes dos outros cuidados que devem ser intensificados no verão, a atenção com as folhas devem ser redobradas no outono. Isso porque, esta é a época em que mais encontramos folhas na piscina. Caso você não tenha tempo disponível para trabalhar na conservação, invista em equipamentos de alta qualidade, como filtros que sugam o máximo de resíduos, e conte com a ajuda de um profissional.

Agora que você já sabe como lidar com as folhas, aprenda alguns cuidados para manter a piscina sempre linda! Até a próxima!