VISITE NOSSA LOJA VIRTUAL Loja Virtual de Piscina Loja Virtual de Piscina

Uma piscina limpa é sinônimo de água saudável e um belo visual para a área externa. Por isso, a rotina de limpeza da piscina deve ser seguida para evitar que a sujeira se acumule e cause transtornos, como algas ou água turva.

Alguns cuidados também influenciam na manutenção, como cobrir a piscina por exemplo. E para que a sua esteja sempre limpa e pronta para o uso, que tal algumas dicas para prevenir e eliminar as impurezas da água? Acompanhe nesse artigo!

1. Instale uma ducha

A ducha na área da piscina não é um item supérfluo. O banho de ducha antes do mergulho ajuda a manter a limpeza da piscina, já que elimina diversos resíduos que iriam parar na água.

Poeira, suor, poluição, protetor solar, maquiagem e cremes hidratantes são alguns resíduos que ficam depositados na pele e cabelo das pessoas. Quando elas entram na piscina sem antes tomar um banho de ducha, tudo isso é levado para a água e a desequilibra.

Quando se estabelece como regra a ducha antes do mergulho, eliminam-se problemas como a oleosidade e a formação de crostas de sujeira nas bordas. Além disso, reduzem-se as chances da formação de cloraminas, que causam ardor nos olhos, entre outros problemas.

2. Cuide da área externa da piscina

Outro ponto importante para manter a limpeza da piscina é cuidar do seu entorno. Escolha com cuidado as plantas que ficarão ao redor, para que não soltem muitas folhas ou flores que possam cair na água.

Na limpeza rotineira, antes de cuidar da água, limpe a volta da piscina. Mantenha o jardim bem cuidado e elimine a sujeira do piso, para que o vento não estrague seu trabalho, levando a sujeira para a piscina mais uma vez.

3. Retire os resíduos em suspensão na água

Preferencialmente todos os dias retire os resíduos em suspensão na água, como folhas, galhos e insetos. Isso vai evitar a reação com o cloro e também que se depositem no fundo. Redobre o cuidado nos meses de outono e também em épocas com maior incidência de ventos, pois eles trazem muita sujeira de fora.

4. Mantenha os parâmetros do cloro sempre regulados

O cloro mantém a água da piscina saudável e também evita a formação de algas, que deixam a água verde e se depositam na parede da piscina. Ele elimina micro-organismos potencialmente perigosos para a saúde e também tem a função de inibir a proliferação de mosquitos vetores de doenças.

Use um kit específico para fazer a medição dos parâmetros de cloro. Eles estão satisfatórios quando o resultado estiver entre 1 e 3 ppm (partes por milhão). Lembre-se de que o cloro naturalmente evapora com o tempo, por isso, mesmo que ninguém tenha usado a piscina é preciso fazer a medição e correção se necessário.

5. Verifique o pH e alcalinidade

Os níveis de pH e alcalinidade também precisam ser controlados, e são uma das regras básicas para manter a água saudável. Por isso, a limpeza da piscina não estará completa se você não verificar esses parâmetros e corrigi-los se for preciso.

Para o pH e alcalinidade também utilizamos um kit que apresenta os níveis de ambos. Para o pH o resultado deve estar entre 7,2 e 7,6. Mais alto ou mais baixo, ele pode causar incômodos para a pele e os olhos.

A alcalinidade deve estar entre 80 e 120 ppm, pois, se estiver mais baixa ou mais alta ela causará desequilíbrios na água.

Quando muito baixa a alcalinidade torna a água corrosiva, ela pode ficar verde ou opaca, o pH desregula-se e fica mais difícil fazer a decantação de partículas.

Mas quando os parâmetros estão muito altos, a alcalinidade deixa a água turva e podem se formar incrustações nas tubulações, o que eleva o custo da manutenção.

Quando o pH e a alcalinidade estão desregulados, para menos ou para mais do que o ideal, é preciso corrigir com o elevador ou redutor de pH. O mesmo produto corrige a alcalinidade.

É essencial utilizar a quantidade indicada pelo fabricante e fazer a medição dos parâmetros mais uma vez, para verificar se os níveis estão adequados ou se ainda precisam de correção.

6. Use o decantador e o aspirador semanalmente

Uma vez por semana é interessante fazer uma limpeza mais completa. Retirar as folhas e outros resíduos é válido, porém, algumas partículas ficam na água, porque a peneira não consegue retirá-las.

Se não forem eliminadas essas partículas, elas irão causar desequilíbrios e deixarão a água turva. Então, devemos usar o decantador para fazer com que essa sujeira sedimente e possa ser aspirada.

O decantador é um produto para limpeza da piscina que reage com as minúsculas partículas de sujeira, fazendo com que fiquem “pesadas”. Ele as separa da água deixando-a cristalina novamente.

Depois de deixar o decantador agir basta usar o aspirador de fundo para que a sujeira seja retirada com sucesso. Nesse processo é preciso ter calma e cuidado para não agitar a água e novamente misturar as partículas a ela.

7. Escove o tanque e limpe as bordas

No dia em que você for fazer a decantação e aspiração do fundo, aproveite para limpar as paredes da piscina. Escovando-as com o auxílio de uma escova própria para essa tarefa e o cabo telescópico.

A escovação do tanque vai soltar partículas na água, por isso é importante fazer essa limpeza no dia da aspiração, assim você elimina toda a sujeira de uma vez só. Tenha o cuidado de esfregar todos os cantos da piscina, sem esquecer nenhuma quina ou curva.

Além das paredes do tanque, as bordas também acumulam sujeira e precisam de atenção especial. Mas nesse caso, o produto Limpa Bordas não desequilibra a água e não solta resíduos, então, essa limpeza pode ser feita em qualquer dia sempre que for necessário.

8. Mantenha a piscina coberta

Como dissemos no item 3, o vento traz muita sujeira para dentro da piscina. Mesmo que não haja plantas a sua volta, essa sujeira pode vir de fora, das árvores da vizinhança e da rua. Por isso, cobrir a piscina é uma das formas de evitar que ela fique suja.

As lonas e decks são opções interessantes para manter a limpeza da piscina, e devem ser considerados como uma ferramenta para a sua manutenção.

As lonas exigem um investimento menor do que os decks, no entanto, o deck permite que se aproveite a área da piscina para outras atividades quando ela não estiver em uso, já que ele forma um piso sobre a água.

Ambos são eficientes para manter a sujeira do lado de fora e cada um tem suas vantagens, por isso, a escolha é pessoal.

A limpeza da piscina não é uma tarefa complicada, ela só precisa ser regrada. Quando mantemos a água com os parâmetros controlados e sem resíduos, ela não acumula sujeira. Isso economiza produtos de tratamento e também faz com que a manutenção seja mais simples e rápida. Além de se manter a piscina sempre pronta para um mergulho!

Como você costuma organizar a sua rotina de limpeza da piscina? Tem alguma dica a mais para mantê-la sempre limpa? Conte para a gente nos comentários!

POSTS RELACIONADOS


Share This