VISITE NOSSA LOJA VIRTUAL Loja Virtual de Piscina Loja Virtual de Piscina

Loja Virtual

A piscina de vinil é uma das opções para quem deseja ter um espaço de lazer em sua casa. No entanto, muita gente tem dúvidas sobre esse tipo de piscina, já que são apontadas vantagens e desvantagens em se optar por esse material.

Assim como os outros materiais, o vinil realmente tem prós e contras. Porém, lendo este artigo você vai entender por que, então, ele tem se mostrado atrativo. Acompanhe e conheça as características da piscina de vinil para você fazer uma escolha consciente.

O que é uma piscina de vinil?

Algumas pessoas confundem a piscina de vinil com aquelas fabricadas em fibra de vidro, no entanto, existe uma grande diferença entre elas. As piscinas de fibra são aquelas que vêm prontas de fábrica. Elas são vendidas por representantes das marcas e podemos escolher um modelo em um catálogo ou mostruário, o qual será “encaixado” no terreno. O tanque não precisará de mais nenhum acabamento e, depois de devidamente instalado, já poderá ser utilizado.

Já as piscinas de vinil precisam ser construídas no local onde serão instaladas. Elas não têm um tanque pronto como as de fibra, é preciso construir toda a estrutura. Em sua base a piscina de vinil é feita como as de alvenaria. Inicia-se pela escavação no formato desejado para a piscina. É feito o trabalho de instalação das tubulações e depois são construídas as paredes com blocos de concreto.

Estas piscinas recebem o acabamento para que seja aplicado, o vinil. Ele é como uma lona, porém, feito sob medida de acordo com a arquitetura do tanque. Não é preciso revestir as paredes com cerâmica ou impermeabilizá-las porque o vinil cumpre essas duas funções.

Para que o bolsão de vinil fique exatamente no lugar, sem bolhas, rugas ou falhas, são utilizados equipamentos que fazem vácuo entre o vinil e a parede. Assim, enquanto a piscina vai sendo preenchida com água rapidamente, a fixação do vinil se dá por meio desse vácuo, que o mantém esticado.

Quanto ao valor de uma piscina de vinil, ele varia de acordo com as suas especificidades, como dimensão, formato, tipo do solo, época do ano, região do país, acabamentos e acessórios. Sendo assim, é difícil fazer uma estimativa de preço.

Por exemplo, uma piscina de vinil pequena pode variar entre R$ 4.000,000 e R$ 7.000,000. Enquanto um projeto de piscina maior e mais detalhado pode custar entre R$ 10.000,00 e R$ 30.000,00.

Para economizar na implantação da piscina, a dica é pesquisar valores com, pelo menos, três fornecedores. Também vale ficar atento à nacionalidade dos materiais e acabamentos escolhidos, já que os nacionais costumam ser bem mais baratos que insumos importados.

Mas, se assim como as piscinas de alvenaria é preciso construir toda a estrutura da piscina de vinil, por que seria interessante optar por ele? Veja a seguir.

Qual a diferença entre a piscina de vinil, fibra de vidro e concreto?

As três principais diferenças entre esses modelos de piscina são a durabilidade, o tempo de obra e o custo. A piscina de vinil tem durabilidade de aproximadamente 10 anos, perdendo para a fibra de vidro e para o concreto, as quais duram, respectivamente, 15 e 40 anos.

Quanto ao tempo de obra, a piscina de vinil leva medalha de prata, enquanto a de concreto demora entre 2 e 4 meses para ser construída e a de fibra de vidro em torno de 15 dias, a de vinil estará pronta para uso após 20 dias.

Já na hora de avaliar os custos, a piscina de vinil leva o preço mais baixo. Por mais que seu preço possa variar conforme alguns fatores, é possível considerar o preço médio de R$350,00/m³. Já a piscina de fibra de vidro custa em média R$400,00/m³ e a de concreto R$850,00/m³.

Por que esses modelos são interessantes?

Os modelos de piscina de vinil são interessantes porque oferecem diversas vantagens para quem opta por esse material. Como dissemos, o vinil permite que se desenvolva um projeto arquitetônico da maneira como for desejado.

No entanto, além dessa versatilidade de formato, a piscina de vinil ainda traz o grande atrativo de que seu preço é menor que para os outros tipos de piscina.

O vinil não é um material caro, e mesmo que deva ser aplicado sobre uma estrutura de alvenaria, o acabamento da piscina fica mais barato do que se fosse feito com revestimentos.

Justamente por ter esse preço reduzido e permitir escolher o modelo que se deseja é que é interessante optar pelo vinil. Mas esses dois pontos não são as únicas vantagens, afinal, o vinil pode oferecer ainda mais benefícios para quem o escolhe.

Quais as vantagens em optar por esse material?

Além de ter liberdade para escolher o formato da sua piscina e pagar pouco por isso, o vinil também oferece vantagens como:

1. Adequação a qualquer terreno

As paredes da estrutura dessa piscina, construídas em bloco de concreto, podem ser erguidas em qualquer tipo de terreno. Além disso, alguns terrenos têm formatos que não a comportam se ela for comprada pronta, como é o caso da piscina de fibra.

Por ser um material maleável e fabricado de acordo com o espaço, o vinil permite adaptar o projeto para qualquer terreno e, assim, cada piscina pode ser única e personalizada para o espaço onde será instalada, já que ele acompanha qualquer curva e ângulo. Ou seja, as dimensões e a profundidade são definidas pelo cliente.

2. Personalização de cores e desenhos

Não é somente o formato que pode ser personalizado. Existem diversas cores, estampas e motivos para revestir a piscina. O vinil é um material versátil também nesse quesito, pois podemos optar pelo gráfico que mais nos agrade. Assim, a piscina terá não somente o formato desejado, mas também a decoração personalizada.

O modelo mais utilizado é o de pastilhas, principalmente pelas pessoas que gostam desse revestimento, mas preferem a praticidade do vinil. Porém, o que manda é a criatividade (e a disponibilidade da empresa contratada). É possível fazer desenhos personalizados, como cores em degradê, desenhos geométricos, desenhos de animais etc.

3. Rapidez na entrega do projeto

A piscina de vinil ainda fica pronta mais rápido do que uma de alvenaria, por exemplo, já que não é preciso revestir toda a extensão com cerâmica ou pastilhas, e nem mesmo necessita do acabamento com rejunte.

4. Limpeza mais prática

O vinil tem uma textura lisa que dificulta a sujeira acumular-se, por isso, a limpeza desse material é mais fácil. Como não há cantos ou fissuras, também se inibe a formação de colônias de bactérias. Além disso, utilizando os produtos químicos adequados para o tratamento da água, não é necessário retirar água da piscina para limpá-la.

5. Manutenção mais barata

Pequenos problemas na estrutura do vinil podem ser facilmente consertados com kits de reparo. No entanto, se houver a necessidade de trocar o bolsão, isso também não é um problema, já que seu preço é acessível e mesmo a troca completa não gera grande impacto no orçamento.

Mas, para que a piscina de vinil seja realmente vantajosa, é preciso saber cuidar dela, isso porque o vinil é um material delicado, e se não for feita a sua manutenção correta, pode sofrer danos.

6. Temperatura da água

Além da piscina de vinil ajudar a manter a temperatura da água estável devido ao aditivo plastificante utilizado na construção do material, ela pode ser construída com uma variedade de tipos de vinil de acordo com a temperatura da água.

Em piscinas para recreação e competição, nas quais a temperatura deve variar entre 25 e 29 graus celsius, pode ser utilizado o vinil de 6 mm. Já em spas, piscinas de hidroterapia e piscinas aquecidas em áreas abertas, o ideal é escolher o vinil de 7 mm, o qual aguenta temperaturas maiores que 32 graus celsius.

Em piscinas de uso comercial, como em clubes, hotéis e condomínios, é recomendado o uso de vinil tramado.

7. Não necessita de impermeabilização

Diferente da piscina de concreto, a piscina de vinil não precisa ser impermeabilizada com nenhum produto. Isso porque a manta vinílica já apresenta ação impermeabilizante. Tal fato não só reduz o valor final do projeto, como também os gastos com a manutenção.

Como deve ser feita a manutenção da piscina de vinil?

A maior desvantagem do vinil é o fato de ser frágil, o que pode comprometer sua durabilidade. O vinil resseca muito facilmente, por isso, deve-se evitar drenar a piscina e também não pode faltar água nela, pois a ação do sol estraga o material.

Também, é preciso estar atento à quantidade de cloro utilizada, pois o seu excesso desbota o bolsão e também o resseca. Prefira utilizar produtos destinados à piscina de vinil, que vêm com uma dosagem exata para não agredir o material. De qualquer forma, você não precisará trocar o bolsão a cada ano. Mesmo se mal cuidado, o vinil pode durar cerca de 10 anos.

Além disso, é preciso ter cuidado com objetos pontiagudos ou cortantes que podem rasgar o vinil. Evite usá-los na piscina e também tenha cuidado na hora de escovar e de aspirar o fundo, para que o atrito não cause danos.

Se bem cuidada, a piscina de vinil é uma ótima opção para quem deseja construir a piscina dos sonhos sem pagar muito por isso, e também para quem precisa adaptar o protejo ao seu espaço. Afinal ela pode ser totalmente personalizada. Com os devidos cuidados esse tipo de piscina representa um excelente custo-benefício.

Agora que você já sabe tudo sobre piscina de vinil, comente se ela se tornou a sua primeira opção! Caso tenha ficado alguma dúvida, não hesite em deixá-la nos comentários!