VISITE NOSSA LOJA VIRTUAL Loja Virtual de Piscina Loja Virtual de Piscina

Ter uma piscina em casa é tudo de bom para se divertir com os amigos e com a família, não é mesmo? Para garantir que ela funcione bem e com segurança, periodicamente é preciso verificar as condições da estrutura e realizar tratamentos mais intensos. 

Com o tempo e os desgastes vindo do próprio uso da piscina, podem surgir os tão temidos vazamentos. Tanto para as estruturas de azulejo quanto para as de vinil, um simples e quase imperceptível furo pode causar uma dor de cabeça enorme.

Quando ocorre um vazamento em piscina de azulejo a complexidade é ainda maior. Por isso, hoje trouxemos dicas para lhe ajudar a lidar com a situação de maneira mais tranquila e sem atrapalhar o lazer da família. Vamos lá! 

Como saber se está realmente tendo um vazamento?

Quando percebemos que o nível da água da piscina está abaixando é praticamente automático que já liguemos o alerta para um vazamento. Entretanto, você deve ficar atento ao volume de água que está “escapando” da piscina. Em dias mais quentes ou secos, é comum que abaixe alguns milímetros do nível da água em função da evaporação. 

Se você notar que o volume diminuiu mais que 3mm, realmente pode ser um caso de vazamento.

Dicas para detectar um vazamento em piscina de azulejo

Observe a piscina

Em um prazo de 24 horas, observe se houve uma diminuição significativa na água (acima de 1,5mm já é sinal de alerta). Se for o caso, há um indício forte de vazamento. Marque o nível da água com uma fita e, após este período, faça a medição de quanto o volume diminuiu. 

Use um balde como parâmetro

Você pode usar também um balde para medir o volume da água manualmente. Coloque-o na escada com o mesmo nível da piscina. Após as 24 horas, será possível verificar se a água da piscina abaixou além do normal. O ideal é que você realize esse teste com a bomba ligada e depois desligada.

O que pode causar vazamentos?

Na maioria dos casos, os vazamentos são provenientes de danos na estrutura da piscina, causados pelo tempo de uso ou por má utilização. Possíveis causas são: 

  • azulejos que se quebraram ou soltaram da parede;
  • trincas no chão da piscina;
  • crescimento exagerado de raízes de árvores próximas da piscina; 
  • quebras ou deslocamento do deck; 
  • acidentes que levam a danos nos equipamentos da piscina. 

Onde pode ocorrer vazamentos em piscinas de azulejo?

Se você já está certo de que realmente a piscina tem um vazamento, o próximo passo é descobrir onde ele está acontecendo. Identificar o ponto de perda de água é uma tarefa muitas vezes difícil.

Vamos lhe dar caminhos para descobrir o local da fuga de água, mas antes é importante você saber quais locais são passíveis de sofrer danos que podem levar a vazamentos. 

  • Paredes e piso da piscina; 
  • Bombas;
  • Filtros;
  • Canos de aspiração e retorno;
  • Grades;
  • Aquecedores. 

Com noção de onde pode estar o problema, fica mais fácil encontrá-lo. Vamos ao próximo passo! 

Como encontrar o ponto de fuga da água

Como você viu na dica anterior, o problema pode estar em vários pontos da piscina. Trouxemos técnicas para que você mesmo possa encontrar onde está o ponto de fuga da água. Contudo, se após aplicá-las você ainda não tiver encontrado, recomendamos que busque ajuda profissional.

Com os equipamentos mais avançados e equipe especializada, certamente o processo de identificação e reparação será mais rápido. Veja, então, alguns métodos:

Faça um check-up na casa de máquinas

Confira o funcionamento de todos os equipamentos na casa de máquinas da piscina. Faça isso com os aparelhos ligados e desligados. Desta forma, você conseguirá perceber se a falha está lá. 

Esvazie a piscina

Parece uma alternativa mais drástica, mas é bem eficiente para detectar o ponto de vazamento. Se o problema estiver no revestimento, você poderá identificar o “furo”, uma vez que quando chegar na altura do vazamento o escoamento da água para e o nível da água fica estável. 

Use corante na água

Alguns pontos de vazamento são praticamente imperceptíveis a olho nu. Por isso, você pode contar com o auxílio das cores. Aplique um pouco de corante na água e observe o movimento desta porção colorida. É bastante provável que o local da fuga de água seja o ponto em que ela “desaparece”.

Agora que você achou o vazamento, como proceder?

Será preciso trocar o revestimento? Dá para consertar? Posso fazer eu mesmo? Essas são dúvidas que surgem logo após o momento que você entende o tipo de vazamento que está acontecendo em sua piscina.

Em grande parte dos casos, apenas um reparo é suficiente. O mais adequado é que você consulte profissionais para que se tenha um diagnóstico mais apurado da situação e uma solução mais efetiva. De acordo com o tipo de vazamento encontrado é que se terá a melhor técnica para a resolução. As práticas mais comuns são: 

  • cristalização: utilizada para vazamentos chamados de microporosidade. É como se aplicasse uma massa para preencher os poros abertos;
  • reforma do revestimento: acontece quando a técnica anterior não foi suficiente para conter o escoamento;
  • instalação do revestimento de vinil: se após tentar as alternativas acima os vazamentos ainda persistirem, pode ser que a estrutura da piscina já esteja bem desgastada e realmente seja preciso instalar uma cobertura de vinil;
  • manutenção e troca dos equipamentos: quando a fuga de água é causada por problemas em um dos equipamentos, você deve procurar a manutenção específica para ele. Após a verificação técnica, pode ser necessário trocar o aparelho. 

Os vazamentos podem comprometer a estrutura da piscina e, se não for reparado o quanto antes, pode causar transtornos maiores, como obras na piscina e custos inesperados. Quando se trata de vazamento em piscina de azulejo, o trabalho pode ser ainda maior, caso sejam necessários reparos mais complexos. 

Com essas dicas esperamos que você resolva (e previna) os vazamentos em sua piscina. Se o caso for mais grave, não hesite em investir em ajuda profissional.

Gostou do conteúdo? Deixe um comentário aqui no post e tire todas as suas dúvidas.

POSTS RELACIONADOS


Share This