VISITE NOSSA LOJA VIRTUAL Loja Virtual de Piscina Loja Virtual de Piscina

Existem diferentes tipos de piscinas sendo que cada um deles apresenta características distintas no que se refere ao material utilizado e à forma de instalação, principalmente. Por isso, atendem a necessidades diferentes.

Na hora de escolher a piscina ideal é importante conhecer a fundo cada uma das opções para considerar as suas vantagens e desvantagens. Assim você definirá qual delas atende melhor as necessidades do condomínio e dos banhistas.

Para ajudar, este artigo vai apresentar os 3 principais tipos de piscina para você conhecer as diferenças. Continue lendo e conheça suas características, além de conferir algumas dicas para tomar uma boa decisão e optar pelo modelo ideal!

1. Piscina de alvenaria

De todos os diferentes tipos de piscinas, aquelas feitas em alvenaria são as que apresentam maior versatilidade. Isso acontece porque nada vem pronto. O tanque é construído totalmente do zero escolhendo cada um dos materiais.

A piscina de alvenaria é feita com blocos e cimento, e recebe o revestimento de pastilhas, cerâmicas, pedras, ou outros. Esse modelo necessita de um projeto completo, uma vez que é preciso definir como será sua arquitetura. Justamente por isso ela dá muita liberdade para elaborar uma área de lazer totalmente personalizada.

Suas dimensões não seguem padrões, pois esse tipo de piscina pode atender espaços de diversos tamanhos e, até mesmo, acompanhar o formato do terreno. Afinal, o projeto é desenvolvido como for necessário, então, a piscina pode ser quadrada, retangular, redonda, com curvas, entre outras.

Vantagens e desvantagens

Uma das grandes vantagens da piscina de alvenaria é a sua durabilidade. Optando por bons materiais o seu tempo de vida útil é extenso, já que ela não sofre tanto as agressões do tempo nem dos produtos utilizados para tratar a água.

Além disso, como você viu, esse é um dos tipos de piscinas mais versáteis que encontramos, pois não impõe limites para criar uma área de lazer exclusiva. Atende a diferentes necessidades e tamanhos de terreno.

Porém, sua desvantagem está no investimento. Dos três tipos principais, a piscina de alvenaria é aquela que exige um orçamento maior, afinal, conforme explicado é preciso elaborar todo o projeto e iniciar a construção do zero. Então, além do custo dos materiais tem a mão de obra.

2. Piscina de fibra de vidro

Esse é o tipo de piscina mais popular que existe. É aquela cujo tanque já vem pronto de fábrica, você pode ir até uma loja escolher aquele que melhor atende suas necessidades e se preocupar somente com a instalação no terreno.

As piscinas de fibra já vêm impermeabilizadas e não exigem uma grande logística para ficarem prontas. O tempo de entrega do projeto é muito menor, porque basta fazer a cova onde o tanque será posicionado, nivelar o terreno e instalar de fato.

No entanto, você pode ficar um pouco limitado aos modelos que existem no mercado. Não é possível inovar como no caso das piscinas de alvenaria, de toda forma, existem diversos tamanhos e alguns formatos diferentes.

Vantagens e desvantagens

A piscina de fibra de vidro tem duas grandes vantagens, e a primeira é o seu custo reduzido. Ela não exige um orçamento tão alto quanto a piscina de alvenaria e também é mais em conta do que as de vinil, sobre as quais falaremos a seguir.

A segunda é a rapidez para finalização da obra. Conforme explicado, não é preciso construir o tanque porque ele já vem pronto de fábrica, então, a área de lazer fica pronta muito mais rápido, sem exigir a preocupação de adquirir vários materiais.

Powered by Rock Convert

Sua desvantagem está na durabilidade. A fibra exige um cuidado maior porque sofre a ação, principalmente do Sol, e com o tempo pode ficar ressecada e perder a sua tonalidade original. Além disso, o terreno precisa ter espaço suficiente para acomodá-la e suas características não podem trazer nenhum impedimento para isso.

3. Piscina de vinil

As piscinas fabricadas em vinil são uma alternativa intermediária. Elas não são tão custosas quanto as de alvenaria, mas também não têm um orçamento baixo igual as de fibra. Além disso, seu processo de instalação funciona de uma forma diferente das outras duas.

Para ter uma piscina de fibra é preciso construir uma base de alvenaria. Todo o tanque é trabalhado com tijolos e cimento, dando o formato dele. Essa base é preparada para receber uma lona de vinil que servirá como revestimento. Ela é fixada com uma tecnologia a vácuo e faz a impermeabilização sem a necessidade de produtos e cerâmicas.

É uma excelente alternativa para quem deseja a liberdade de criar um projeto exclusivo, mas não quer ou não pode dispor de um orçamento mais alto para instalar uma piscina de alvenaria. Como é mais versátil do que a fibra, também atende melhor diferentes tamanhos e formatos de terreno.

Vantagens e desvantagens

As piscinas de vinil têm a vantagem de serem tão versáteis quanto as de alvenaria, mas com custo menor do que elas (cerca de 30%). O projeto é finalizado mais rápido porque pula a etapa de revestimento, já que basta instalar a bolsa vinílica.

Também é possível encontrar diversos gráficos diferentes para o vinil, sendo assim, a sua piscina pode ter acabamentos muito distintos, com uma cor sólida, pastilhas e até mesmo desenhos, compondo um visual muito bonito que valoriza a área de lazer.

Mas, ela também apresenta suas desvantagens, sendo a qual traz mais preocupação a fragilidade do vinil. Ele pode ser danificado facilmente, principalmente por objetos cortantes. Qualquer agressão sofrida leva a vazamentos exigindo um reparo ou substituição da bolsa.

O vinil também sofre bastante a ação do tempo e dos produtos utilizados para tratar a água. Desse modo, sua durabilidade gira em cerca de 9 e 10 anos. Mas, a substituição da bolsa vinílica não é difícil de ser feita e o tanque pode ser renovado.

Dicas para escolher o melhor tipo de piscina para o condomínio

Como você pôde ver, todos os tipos de piscina apresentam as suas vantagens e desvantagens, por isso, não se pode dizer que um é melhor que o outro. Eles atendem a necessidades diferentes, seja em função do espaço ou do orçamento disponível.

Para que você possa optar por aquele ideal para o seu condomínio, deve considerar alguns fatores como:

  • investimento pretendido;
  • tempo disponível para entrega do projeto;
  • tamanho e formato do terreno;
  • visual desejado;
  • relação custo-benefício.

Lembre-se de que os orçamentos variam bastante de um lugar para o outro. Portanto, é essencial que você faça uma pesquisa em sua região e áreas vizinhas para analisar qual desses diferentes tipos de piscinas realmente é mais acessível e oferece maiores vantagens.

Para ajudar um pouco mais a sua tomada de decisão, veja a seguir um quadro comparativo entre esses diferentes tipos de piscinas. Assim, fica mais fácil visualizar as características, vantagens e desvantagens de cada uma.

Espaço destinado ao quadro comparativo

Ficou mais fácil escolher? De uma coisa você pode ter certeza: todos esses tipos de piscinas compõem uma área de lazer mais completa, que com certeza será muito mais atrativa e agradável para os moradores do condomínio!

Sabia que também existem diferentes tipos de cobertura para proteger uma piscina? Conheça os principais deles e as vantagens que oferecem!