VISITE NOSSA LOJA VIRTUAL Loja Virtual de Piscina Loja Virtual de Piscina

Confira aqui 4 dicas de acabamento para piscina!

Um dia desses fui aproveitar a área de lazer no condomínio onde moram os meus sogros e percebi o quanto o acabamento de piscina usado no projeto é bonito e deixa o banho mais agradável. A parte interna é revestida por pastilhas de cerâmica azul-escuro, que dão à água uma aparência refrescante, enquanto o deck é feito em madeira, bastante sofisticado.

Então, me dei conta o quanto é importante investir no revestimento certo, pois ele pode ser determinante para atrair as pessoas a desfrutarem da piscina. Ao olhar aquela água azul sob um calor de 40 graus, não há como não querer mergulhar!

Neste artigo você encontrará algumas dicas para fazer a sua escolha e dar um acabamento especial à piscina e, também, ao seu entorno. Acompanhe!

Acabamentos de piscina

Existem no mercado muitos tipos de revestimentos: em porcelanato, vinil, fibra de vidro, entre outros. Confira o quatro revestimentos mais comuns e indicados.

1. Vinil

O revestimento vinílico tem uma grande vantagem em relação a outros tipos de material: é impermeável! Assim, exige menos etapas na construção da piscina.

Além disso, tem custo baixo, é fácil de limpar e tem uma gama de cores diversificada, que podem deixar a piscina mais bonita e criativa. O único risco é sofrer rasgos ou furos, exigindo a manutenção por uma equipe especializada.

2. Azulejo

Existe uma enorme variedade de tamanhos e cores de azulejos. Com eles, é possível até fazer desenhos e personalizar ainda mais a piscina.

Apesar de exigirem o uso de rejunte, o revestimento em azulejo tem custo baixo. Uma desvantagem, porém, é a maior propensão em acumular limo. No entanto, nada que uma escovação e o tratamento certo não resolvam.

Outro ponto negativo é que pode rachar e quebrar, oferecendo risco aos banhistas. Então, se optar por esse revestimento, é preciso revisar a piscina constantemente para ver se não há necessidade de trocar alguma peça.

3. Pastilha

As pastilhas, de vidro ou cerâmica, são bonitas e atemporais. Também existem em muitas cores e podem ser usadas para formar desenhos no fundo da piscina. Quanto menor os seus tamanhos, mais versáteis são.

A manutenção é parecida com a do azulejo, mas o custo costuma ser maior. As de vidro requerem argamassa e outros materiais, além de profissionais especializados para a sua aplicação.

Outra coisa: podem se soltar e oferecer risco para o banhista. Portanto, quem escolhe esse revestimento deve ficar sempre de olho!

4. Fibra de vidro

As piscinas de fibra de vidro são bastante populares por serem de fácil instalação, muito duráveis e terem uma excelente relação custo-benefício. Porém, são vendidas pré-moldadas, o que limita um pouco a personalização, principalmente em relação às cores.

Entretanto, podem ter vários formatos: quadradas, retangulares, redondas, ovais e mistas de formas geométricas (como um semi-círculo em uma das extremidades). Além disso, podem ser repintadas, e sua superfície lisa e regular evita cortes e arranhões.

Revestimentos para a borda da piscina

O acabamento de piscina externo, como o revestimento da borda, merece atenção extra. Isso porque, ao fazer a escolha errada, você estará comprometendo a segurança dos banhistas. Um ambiente constantemente molhado pede um material que diminui os riscos de quedas e escorregões.

Outro ponto que deve ser analisado é a absorção de calor. Imagina que inconveniente não conseguir sentar na beira da piscina devido à temperatura do revestimento? Uma borda está sempre exposta aos raios solares. Logo, seu material deve apresentar baixa condução de calor.

Confira os três revestimentos mais adequados para a área externa da piscina e descubra qual é mais vantajoso para sua área de lazer.

1. Cerâmica

Esse tipo de acabamento é bastante utilizado tanto em pequenas piscinas residenciais quanto em grandes piscinas públicas. Isso porque é um dos que apresentam mais vantagens em relação ao seu preço e durabilidade.

Por ser um material imune ao crescimento de fungos, não acumular resíduos e ser resistente aos raios ultravioletas e aos produtos químicos, a cerâmica mantem suas características originais por muito tempo. E ainda tem um dos preços mais baixos em relação aos outros revestimentos!

Outra vantagem é a variedade encontrada no mercado. Além de serem fabricadas em diversos tamanhos e cores, é possível escolher entre textura esmaltada, fosca ou rústica.

2. Pedras

Mesmo apresentando um dos custos mais elevados, o revestimento em pedras vem ganhando cada vez mais popularidade. Esse tipo de acabamento cria na área de lazer um ambiente com ar natural, o qual pode lembrar praias e rios, por exemplo. Além disso, por não absorverem tanto calor, ajudam a manter a temperatura mais fresca, o que é um grande ponto positivo em um país quente como o nosso.

As pedras mais utilizadas em piscinas são as vulcânicas, com tonalidade azulada ou esverdeada, e mineiras, com tons que pendem ao amarelo. Porém, a segunda não é recomendada para bordas, pois essa coloração tem mais facilidade de absorver os raios solares.

Por ser de alta porosidade, é o revestimento menos escorregadio. Porém, isso também significa que acumula mais sujeira. Sua limpeza rotineira deve ser feita com detergente neutro e com uma lavadora de alta pressão. Caso o material esteja encardido, será necessário contratar mão de obra especializada.

3. Porcelanato

Este tipo de revestimento tem a grande vantagem de ser encontrado no mercado já com acabamento impermeável, facilitando a instalação, já que não será necessário a aplicação de impermeabilizantes. Outro ponto positivo é a sua resistência, o que faz dele ideal para um local com grande fluxo de pessoas e onde mobiliários são constantemente arrastados.

Como o porcelanato é encontrado em grande variedade nas lojas de materiais de construção, é preciso muita atenção para escolher o modelo adequado para a borda da piscina.

Para limpeza e manutenção mais fáceis, prefira os retificados, que podem ser instalados com rejunte de apenas 1,5 milímetros e as versões com textura EXT, que possui uma superfície abrasiva, evitando acidentes. Lembre-se também de optar por tonalidades claras.

Com todas as opções apresentadas neste texto, é hora de fazer a escolha do melhor acabamento de piscina para a sua casa. Nesse momento, leve em conta o quanto o ambiente é exposto aos raios ultravioleta do sol, o clima da sua cidade e os produtos químicos que serão usados no tratamento da água. Outro fator pouco lembrado é a composição química da água. Algumas regiões possuem certos minerais em suas águas que reagem com o cimento, por exemplo, levando a danificação da argamassa e dos rejuntes.

Você ainda tem alguma dúvida sobre qual tipo de revestimento utilizar na sua piscina? Não se preocupe, nós podemos ajudar! Basta entrar em contato com a gente! Com certeza encontraremos a melhor solução!