VISITE NOSSA LOJA VIRTUAL Loja Virtual de Piscina Loja Virtual de Piscina

Escolher uma empresa de guardião de piscina é uma tarefa que exige cuidado, pesquisa e informação. Há uma série de conhecimentos e documentos que ela precisa obter para disponibilizar esse tipo de profissional e de serviço.

Em diversos estados brasileiros, a presença do guardião é obrigatória em piscinas coletivas. É assim, por exemplo, no Rio de Janeiro e em São Paulo. Além de atuar na prevenção de acidentes dentro d’água ou no seu entorno, os guarda-vidas são responsáveis pela manutenção, limpeza e organização da piscina e do deck. Ou seja, tudo o que possa garantir o bem-estar dos banhistas.

Por isso, antes de terceirizar o serviço de guarda-vidas, é preciso saber o que deve ser observado. Veja abaixo.

Observar se possui certificação

Independentemente de estado ou município, para exercer a profissão de guardião de piscina, é preciso obter um certificado emitido por um Centro de Formação ou empresa reconhecida pela Sociedade Brasileira de Salvamento Aquático. No Rio de Janeiro, esse curso é ministrado por empresas credenciadas pelo Corpo de Bombeiros. Exija a certificação.

Analisar os conhecimentos sobre tratamento de piscina

Questione a empresa a respeito da forma como ela orienta o tratamento da piscina. Lembre-se: quem vai fazer esse serviço todos os dias — ou sempre que necessário — será o guardião de piscinas (guarda-vidas). Ele deve cuidar da piscina, saber quando o pH da água está adequado e o que fazer para mantê-la limpa e própria para banho.

Levantar o histórico da empresa

Busque referências, descubra se a empresa tem experiência com a terceirização do serviço de guardião de piscina e levante seu histórico. Converse com os proprietários de resorts, gerentes, presidentes de clubes e síndicos de condomínios para saber se estão satisfeitos. Os contratantes falam bem da empresa? Onde ela prestou serviço e por quanto tempo?

Verificar se a empresa de guardião de piscina cumpre a lei

Mesmo que a empresa tenha boas referências, é preciso verificar se ela cumpre a lei com relação aos contratos de trabalho dos funcionários. Procure saber se todos estão recebendo seus direitos e salários em dia. Os encargos não são sua responsabilidade, mas há um risco de que os funcionários insatisfeitos comecem a faltar ao trabalho ou fugir de algumas responsabilidades.

Prestar atenção aos equipamentos usados

Algumas empresas preferem trabalhar com equipamento próprio, enquanto outras deixam esses itens a cargo do contratante. Atente para esse fato. Descubra se a empresa utilizará seus equipamentos e se eles são eficientes e têm qualidade. Verifique também quais são os produtos químicos usados pela empresa e a quantidade. Não se esqueça de que a saúde dos seus hóspedes, frequentadores ou condôminos está em jogo.

As vantagens em contratar uma empresa de guardião de piscina são inúmeras. Você não precisará, por exemplo, se preocupar com seleção e qualificação da equipe nem com os trâmites burocráticos da sua contratação. Além disso, preserva a vida e a segurança dos banhistas do seu empreendimento ou condomínio.

A Pool Rescue tem profissionais capacitados e atende a todas as exigências da lei. Se você tem interesse em contratar uma empresa para terceirizar o serviço de guardião, tratamento ou manutenção de piscinas, entre em contato conosco pelo (21) 2432-3000 ou solicite-nos um orçamento pelo formulário do site.

POSTS RELACIONADOS


Share This