VISITE NOSSA LOJA VIRTUAL Loja Virtual de Piscina Loja Virtual de Piscina

O Brasil é um país tropical, onde faz calor na maior parte do ano. Por isso, os finais de semana e feriados são sempre convidativos para que as pessoas frequentem piscinas públicas e particulares. Porém, para garantir a segurança de todos em épocas de grande movimento, é essencial a presença de um guardião de piscina.

O trabalho de um guardião de piscina é abrangente, e não se limita apenas à observação do que está acontecendo. Até por isso, esse é um profissional cada vez mais requisitado no mercado. E uma ótima maneira de contratar esse tipo de serviço, obtendo os seus benefícios, é pela terceirização.

Diante disso, este artigo mostrará as vantagens de se terceirizar os serviços de um guardião de piscina, e dará dicas de como não errar na hora da escolha. Interessado? Então acompanhe a leitura e confira!

Por que terceirizar o serviço de guardião de piscina?

Em eventos de grande movimento, nem sempre é possível controlar o que está acontecendo na piscina. Por isso, como dissemos, esse profissional está cada dia mais requisitado.

Grosso modo, ele tem a missão de garantir maior organização e segurança da área. Entre as suas principais funções, podemos citar:

  • certificar-se de que os usuários passaram pelo chuveiro antes de entrar na piscina;
  • vistoriar se todas as regras do local estão sendo cumpridas;
  • estar preparado para emergências e afogamentos.

Contratar um profissional com essas habilidades e qualificação envolve custos consideráveis. Logo, a não ser que a demanda seja muito elevada, a terceirização se torna muito mais atrativa. Terceirizar esse tipo de atividade reflete em:

Tranquilidade

Uma das maiores vantagens da terceirização é contar com uma empresa especializada. Dessa forma, a contratante não precisa se preocupar com encargos trabalhistas, nem mesmo com detalhes como seleção de candidatos, treinamento, compra de uniformes, entre outros.

O profissional já chega regularizado e capacitado para trabalhar, pois todas essas nuances são de responsabilidade da empresa terceirizada.

Tempo e praticidade

O serviço do guardião de piscina envolve várias obrigações que exigem conhecimentos e materiais específicos. Se a empresa fosse pesquisar sobre tudo isso e ainda comparar preços para compra dos materiais, precisaria de muito tempo.

Nesse sentido, mais uma vez, é a empresa terceirizada que tem a obrigação de oferecer o material necessário para o profissional, bem como se certificar de que o mesmo tem conhecimentos técnicos e práticos para executar a atividade.

Disponibilidade

Quando falamos em piscinas — sejam de clubes, públicas ou de condomínios — entendemos que a maior movimentação de pessoas nesses locais acontece durante os fins de semana e feriados. Ou seja, você sempre precisará do guardião de piscina em períodos diversificados.

Com a contratação terceirizada, a sua empresa terá a oportunidade de deixar bem claro a necessidade da disponibilidade do profissional, e sempre terá outro à disposição, caso necessário.

Diante disso, fica claro como o guardião de piscina é essencial para garantir a organização e segurança do local, e como a melhor maneira de contratar um serviço eficiente e que se adapte às suas necessidades se dá por meio da terceirização.

Como acertar na hora de contratar um serviço terceirizado?

É fato que contratar uma empresa terceirizada para suprir necessidades específicas pode trazer vantagens, e ser relativamente mais barato do que uma contratação de mão de obra própria. Porém, ainda se deve tomar alguns cuidados para não errar na escolha.

A decisão da empresa que representará o guardião de piscina deve ser feita com bastante critério — afinal, dentre as funções desse profissional está a de proteger a vida humana no local. Então, não há espaço para desatenção e negligências.

A seguir, veremos três dicas para você acertar na hora de contratar uma empresa terceirizada:

1. Pesquise sobre o histórico da empresa

Essa dica implica, automaticamente, na escolha de empresas que tenham experiência no mercado. Não que uma empresa iniciante não possa ter profissionais qualificados, mas o serviço a ser contratado cuidará diretamente de vidas humanas — sendo assim, não é o momento certo para arriscar.

Antes mesmo de entrar em contato direto com a empresa, você pode:

  • levantar o histórico por meio da internet e outros informativos;
  • procurar o sindicato e confirmar se a empresa é regularizada;
  • averiguar se existe uma estrutura física e adequada.

Vale ressaltar que não é recomendável tomar essas medidas já com o processo de contratação em andamento, pois muitos desses pontos podem ser “maquiados”, e o contratante pode vir a ser ludibriado.

2. Verifique a situação financeira da empresa terceirizada

Esse é um detalhe muito importante, mas negligenciado por vários gestores no processo de contratação. A verdade é que, ainda que a contratante não pague diretamente o salário do profissional prestador de serviço, ela precisa ser certificar de que essa etapa está sendo cumprida.

Até porque, se o profissional terceirizado não recebe o seu salário em dias, ou mesmo os direitos básicos, como alimentação e transporte, ele dificilmente prestará um serviço de qualidade. Em outras palavras, a má administração de uma etapa refletirá negativamente na outra.

Bom, a melhor maneira de não correr riscos é verificar a situação financeira da empresa terceirizada. Assim, antes de qualquer assinatura, solicite os documentos necessários que deem a garantia de que se conseguirá cumprir com as suas obrigações.

3. Veja como clientes antigos avaliam os serviços da terceirizada

Também é importante saber sobre o trabalho prático da empresa, e não existe forma mais assertiva de realizar isso do que se informar com os clientes antigos. Conversar com empresas que contrataram os serviços do candidato lhe dará uma noção real do profissionalismo, ou não, da terceirizada em questão.

Então, elabore perguntas que possam ser respondidas via e-mail ou pessoalmente, para entender como os antigos clientes avaliam a sua experiência no período que passaram com as empresas terceirizadas.

Esse tipo de iniciativa é bastante eficiente, pois garante que uma chance mínima de acontecerem “maquiagens”, amenização de falhas ou engrandecimento de acertos por parte de empresas sérias.

Enfim, as vantagens de se terceirizar serviços de um guardião de piscina são muitas. Porém, como vimos, é preciso ter muito cuidado durante o processo de contratação, evitando sérios problemas.

Siga as dicas apresentadas e tenha sucesso na escolha do profissional para garantir a segurança e qualidade para os banhistas do seu clube ou condomínio! E, se você a procura de uma empresa com as características citadas, entre em contato com a nossa empresa, que nós vamos ajudá-lo!

POSTS RELACIONADOS


Share This