VISITE NOSSA LOJA VIRTUAL Loja Virtual de Piscina Loja Virtual de Piscina

Guia prático para escolher a sauna idealPowered by Rock Convert
como-reduzir-os-custos-com-piscinaPowered by Rock Convert

Você já notou a formação de bolhas ou espuma na piscina? Esse é um problema que pode acontecer em qualquer tanque, porque está relacionado com diversos fatores que, em alguns casos, podem ser difíceis de controlar.

Apesar de ser esteticamente muito desagradável, não é preciso um grande alarde, afinal, esses problemas não se caracterizam como um grande risco. Mas também não podemos ignorá-los, pois se trata de um sinal de que algo está errado e precisa ser corrigido.

Preparamos este artigo para explicar as causas das bolhas e da espuma, bem como apresentar os tratamentos adequados em cada caso. Continue lendo e veja como deixar a água da piscina cristalina mais uma vez.

O que causa bolhas e espuma na piscina?

Quando acontece algum desequilíbrio na água, podem surgir bolhas ou espuma na piscina. Isso não significa que ela esteja contaminada ou suja, mas é preciso fazer um tratamento para elevar a sua qualidade aos níveis adequados e recuperar seu visual cristalino.

As bolhas e a espuma surgem por diversos motivos, como:

  • presença de matéria orgânica em excesso;
  • baixos níveis de cloro livre;
  • oleosidade na água;
  • produtos químicos em excesso;
  • nível do pH muito alto;
  • formação de algas;
  • nível de cálcio muito baixo.

Independentemente do que esteja causando esse problema, é importante identificar sua origem para revertê-lo. A formação de bolhas e espuma na piscina prejudica o visual dela, passando a impressão de água suja, o que inibe os mergulhos.

Como remover as bolhas e a espuma?

A remoção das bolhas e da espuma na piscina é feita principalmente pelo skimmer. Sendo assim, se ele não estiver funcionando corretamente ou se estiver sujo, pode ser justamente essa a causa do problema. Então, verifique se está tudo certo e faça os devidos reparos.

Também é possível realizar essa tarefa de forma manual com a peneira, mas, se ela não for fina o suficiente para reter as bolhas e a espuma, você pode fazer isso com um pano. Lembre-se de que essa medida serve apenas para retirar os resíduos da água, mas se ela não for tratada, eles reaparecerão.

Powered by Rock Convert

Quais tratamentos devem ser adotados?

Para acabar definitivamente com as bolhas e a espuma na piscina, é preciso adotar o tratamento adequado de acordo com aquilo que esteja originando esse problema. Sendo assim, antes você precisa identificar a causa. Confira, a seguir, o que fazer em algumas situações.

Nível de cálcio muito baixo

Com um kit de teste, faça a verificação do nível de cálcio. Ele precisa estar entre 200 e 400 ppm (partes por milhão) — se estiver abaixo do mínimo, use um aumentador. Cerca de 1 kg do produto para cada 10.000 l de água eleva 5 ppm, então ajuste de acordo com a necessidade da piscina.

Formação de algas

Se o problema for causado por algas, é possível solucioná-lo por meio da aplicação de um produto oxidante e de cloro em uma dosagem de choque. Gradativamente, as bolhas e a espuma desaparecerão.

Oleosidade

Ocorre principalmente por causa da presença de bronzeadores, hidratante ou protetor solar na água. Nesse caso, o problema pode ser revertido com a aplicação de um produto oxidante ou um eliminador de oleosidade, sempre seguindo a recomendação do fabricante.

pH elevado

Se as medições acusarem que o pH está elevado demais, ou seja, acima de 7,6, devemos reduzi-lo com um produto específico. Lembre-se de que a alcalinidade precisa ser medida e regulada entre 80 e 120 ppm, porque ela interfere no nível do pH.

Produtos químicos em excesso

Quando o problema é causado pelo limpa bordas, ele é momentâneo e, em algumas horas, desaparece completamente. Porém, se for o caso do uso excessivo de algicida ou da combinação de produtos como cloro, barrilha e algicida, nem sempre é possível revertê-lo. Apenas devemos aguardar passar o efeito.

As bolhas e a espuma na piscina afetam a aparência da água e desestimulam os mergulhos. Embora nem seja grave, é preciso tratar esse problema para que não se agrave. Então, identifique sua causa e adote as medidas adequadas para que a água fique cristalina outra vez.

Gostou dessas informações? Veja outros temas interessantes como esse curtindo a nossa página no Facebook para acompanhar as nossas postagens!