VISITE NOSSA LOJA VIRTUAL Loja Virtual de Piscina Loja Virtual de Piscina

Férias, calor, sol, diversão, tudo isso combina com piscina, não é? Para não estragar tudo isso, é preciso estar atento para um fator muito importante: a segurança em piscinas. Afinal, você e sua família certamente curtirão mais ainda o verão se estiverem tranquilos e seguros.

Estatísticas da Sociedade Brasileira de Salvamento Aquático (Sobrasa) indicam que a cada 84 minutos um brasileiro morre afogado. E o período de novembro a fevereiro é o mais preocupante, já que concentra 44% dos casos. Os dados também apontam que crianças de até 9 anos de idade se afogam nas piscinas de suas casas: 51% das mortes nesta faixa etária ocorrem nesta circunstância.

Por isso, é tão importante prevenir. Veja as dicas do post de hoje!

1. Instale cercas e portões ao redor da piscina

Cerque a área da piscina com grades ou barreiras transparentes e um portão com fechamento automático. A recomendação da Sobrasa é que as cercas tenham pelo menos 1,5 m de altura e que os portões estejam sempre travados ou com cadeado para dificultar o acesso pelas crianças.

2. Utilize bons equipamentos e produtos adequados às piscinas

Invista em equipamentos de qualidade e certificados para a manutenção da piscina e sua segurança, como grade de ralo, sistema anti-aprisionamento e bocão de aspiração com fechamento automático para evitar a sucção dos cabelos. A Sobrasa estima que 28% dos afogamentos na piscina são causados por esse tipo de acidente.

3. Garanta que as crianças usem itens de segurança em piscinas

Boias e coletes salva-vidas são itens importantes e devem ser usados principalmente por crianças que não sabem nadar. Porém, fique atento, pois eles podem furar, vazar ou até virar os bebês de barriga para baixo, causando afogamento. Fique sempre de olho e a um braço de distância da criança quando ela estiver na água.

4. Fique sempre por perto

Nunca deixe a criança na piscina sem supervisão, mesmo que ela saiba nadar. Incidentes como cãibras e machucados são comuns. Além disso, os pequenos podem se assustar com a profundidade em piscinas que eles não conhecem. Supervisione, também, as brincadeiras no deck e não deixe que as crianças corram pela área.

5. Cubra a piscina e reforce a segurança

As boas coberturas e capas de piscina são projetadas para suportar o peso de crianças e adultos. Se bem presas, oferecem segurança. Além disso, é uma boa ideia usar alarmes pessoais nas crianças para reforçar os cuidados. Tratam-se de pulseiras que disparam quando entram em contato com a água.

Não se esqueça de prevenir acidentes também entre os adultos. Evite ingerir bebidas alcoólicas e comidas pesadas antes de entrar na piscina, mantenha a bomba de filtragem desligada quando houver banhistas e contrate guarda-vidas para festas no deck. Assim, você e seus convidados ficarão mais tranquilos.

Enfim, a segurança em piscinas é fundamental para o sucesso das suas férias. Siga as nossas dicas e se informe sobre outros procedimentos para ter um verão prazeroso e sem acidentes.

Se você gostou deste artigo e quer repassar o alerta para seus amigos, compartilhe-o nas suas redes sociais!

POSTS RELACIONADOS


Share This