VISITE NOSSA LOJA VIRTUAL Loja Virtual de Piscina Loja Virtual de Piscina

Quem não gosta de uma piscina refrescante no verão? Praticamente todo mundo. O problema é quando não dá para aproveitá-la em outras estações do ano. Isso torna muito importante investir em aquecimento para piscina, mas é ainda mais importante saber qual tipo é o ideal.

Existe o conceito de que aquecimento para piscina necessita de um grande investimento, o que não é verdade. É necessário ter em mente qual tipo de aquecimento é o mais adequado para sua piscina. Isso ajudará a escolher uma opção econômica e que encaixa bem no perfil do local.

Está interessado em saber mais? Então acompanhe nossas explicações sobre as vantagens e desvantagens de cada modelo e também outras características!

Quais as vantagens de um aquecedor de piscina?

Aproveitar a piscina durante todo o ano

Um dos maiores problemas de quem não tem aquecedor na piscina é não poder aproveitar a piscina em estações como o inverno e o outono. Com o aquecedor é possível eliminar limitações causadas por essas mudanças climáticas.

Caso você queira diversão e relaxamento na piscina para o ano todo, a escolha de um aquecedor é certeira. Além do conforto que ele pode trazer, ainda agrega outras vantagens. A água morna pode ser extremamente relaxante, e pouco tempo de seu uso basta para que libere tensões acumuladas por meio de vasodilatação.

Facilidade na manutenção

A manutenção dos aquecedores vai depender de qual sistema será utilizado. Geralmente, tal ação precisa ser feita somente, no máximo, duas vezes ao ano. Além disso, é possível contratar uma empresa especializada para isso.

É algo prático e que não demanda preocupação em excesso. Para quem quer uma opção ainda mais fácil, o aquecimento solar se torna algo interessante nesse sentido.

Diversão para todo o público

Acertando o aquecimento correto da piscina, todo tipo de perfil de usuário poderá aproveitar esse entretenimento, seja com o intuito de diversão ou relaxamento. A temperatura considerada agradável para adultos gira em torno de 28°C e, para o público infantil, cerca de 30°C.

Valorização do imóvel

A sustentabilidade e a praticidade são aspectos que estão em alta. Quem utiliza sistemas de aquecimento solar acaba saindo na frente nesse aspecto. Além disso, qualquer tipo de aquecimento para piscina agrega ao local em que está instalado, já que traz ao menos uma caraterística positiva ao ambiente.

Incentivo ao esporte e exercício físico

Ter a comodidade de não precisar se deslocar para outro ambiente e poder fazer seus exercícios físicos em sua casa, ou em um condomínio próximo com estrutura adequada, é ótimo. Além disso, ter uma piscina perto e bem estruturada onde você mora colabora para a regularidade de se exercitar. Sabe quando alguém para de ir na academia pela distância? Pois, nesse caso, isso não é desculpa.

Como escolher?

Antes de escolher o tipo adequado de piscina ao seu perfil, é preciso ficar atento a características pertinentes como tamanho, local e tipo de instalação. Apresentaremos as principais a seguir:

Tamanho da piscina e tempo de aquecimento

É muito importante saber o tamanho exato da piscina em que o aquecedor será instalado. As características dela e do local onde está impactam tanto no valor como no tempo de aquecimento. Quando maior a piscina, mais caro será e também demorará mais tempo para aquecer.

Qualidade

Independentemente de que tipo de aquecedor escolher, é imprescindível a verificação de sua qualidade. O primeiro aspecto a ser checado é se o aparato possui aprovação do Inmetro. O selo desse órgão garante que o aquecedor sirva ao seu propósito de forma eficiente.

Powered by Rock Convert

Facilidade de instalação

Cada aquecimento tem um tempo de demora na instalação. Se isso é um ponto importante para você, é necessário analisar cada um dos tipos. O aquecimento elétrico é rápido de instalar e de baixo custo de aquisição, só que sua manutenção é cara se comparada aos outros tipos.

O aquecimento a lenha também não é caro, mas é trabalhoso de se instalar e manter. Já o solar demora a ser instalado, porém, sua manutenção e gastos mensais são baixos.

Quais são os tipos?

Há diferentes tipos de aquecedores no mercado, como: solar, elétrico e a gás. E é exatamente por isso que existe certa confusão na hora de decidir qual o melhor no meio dessa variedade. A seguir, detalharemos as características de cada um e comparar suas vantagens.

Aquecedor Solar

aquecimento solar mais utilizado é o térmico, ou seja, capta a energia do calor do sol nos tubos de cobre que servem para aquecer a piscina. Quando o calor do sol incide sobre o coletor solar, esse distribui o calor para a água.

Um dos grandes destaques do aquecimento solar é o fato de ser uma energia renovável e sustentável. Dessa forma, o seu uso diminui a conta de luz, que é uma das principais despesas em outros tipos de aquecimento. Porém, sua instalação exige tempo e espaço. É o dimensionamento correto do aquecedor que fará com que ele seja eficiente.

Além disso, é um sistema que demanda pouca manutenção. Outra possível desvantagem é o seu uso em determinadas épocas do ano em que a incidência do sol é menor. Em casos assim, é provável que seja necessário suplementar com outro tipo de aquecimento.

Aquecedor Elétrico

No aquecimento elétrico, um termostato automático controla a temperatura da resistência dentro de uma bomba de troca de calor. O seu modelo é compacto no tamanho se comparado aos outros sistemas de aquecimento.

Sua instalação não é das mais caras e seu uso é ideal para quem faz uso diário da piscina. Seu custo mensal de manutenção é bem maior se comparado com o sistema de aquecimento solar. Porém, ele é bem mais barato que outras alternativas, como o aquecimento a gás.

Aquecedor a gás

O aquecedor a gás é mais prático que alternativas como a solar, já que pode aquecer a água da piscina em qualquer dia e em qualquer localidade. Porém, esse sistema demanda de bastante espaço para ser instalado. Também vale lembrar como uma caraterística positiva que esse sistema é silencioso.

Sua maior desvantagem é o alto custo de manutenção. Esse sistema consome muito gás natural (GN) ou gás liquefeito de petróleo (GLP), o que pode tornar o sistema bem mais custoso que o solar ou elétrico (trocador de calor).

Para acertar o aquecimento é essencial saber suas características e levar em conta o espaço para instalar cada um dos tipos de aquecedores. É uma opção interessante mesclar 2 tipos de aquecimento diferentes, como o solar e o elétrico. Dessa forma, os dois podem se complementar.

Por fim, nunca se esqueça de conferir se o produto que quer adquirir para o aquecimento para piscina tem o selo do Inmetro. Afinal, ele é essencial e determinante para saber a qualidade do produto. Também não se esqueça de contar com ajuda de profissionais qualificados nessa área.

Gostou de saber de todas essas características e tipos de aquecimento? Já escolheu o melhor para sua área? Entre em contato conosco para sanar possíveis dúvidas e também saber mais sobre o assunto!