VISITE NOSSA LOJA VIRTUAL Loja Virtual de Piscina Loja Virtual de Piscina

Com tantas opções disponíveis no mercado, o sonho de ter uma piscina em casa ficou mais fácil de ser realizado. No entanto, quando se trata de piscina para cobertura, são necessários alguns cuidados específicos na instalação do item e manutenção da área de lazer.

Antes de instalar uma piscina na cobertura, é essencial considerar a estrutura predial do imóvel, para evitar danos por conta do sobrepeso, por exemplo.

Também é imprescindível fazer a manutenção regular do item, prevenindo infiltrações que podem tirar o sono da sua família e do vizinho de baixo. Ou seja, não adianta ter pressa e sair reformando a cobertura sem planejar adequadamente a obra.

Um trabalho bem-sucedido em uma área de lazer dos sonhos demanda mão de obra especializada para analisar previamente o terreno e, só então, fazer uma instalação que não comprometa a sua segurança e a do imóvel.

Então, para saber todos os detalhes sobre piscinas em coberturas — modelo mais apropriado, peso, tamanho, instalação e manutenção — acompanhe este artigo e planeje-se para investir corretamente na piscina dos sonhos!

Características de piscina para coberturas

Antes de pensar no tipo de piscina mais apropriado para sua cobertura, tenha em mente que o local onde ela será instalada deve priorizar aspectos como: privacidade, vista e, principalmente, incidência solar. O lado norte, por exemplo, garante sol o ano todo!

Estrutura

Uma piscina vazia, em azulejo e concreto armado, com as dimensões de 2m x 2m x 1,4m (comprimento, largura, profundidade) pesa aproximadamente 6,5 toneladas. Com o peso dos componentes hidráulicos, esse total pode chegar a 12 toneladas. Pesado, não é?

Por conta desse aumento considerável de peso na laje, é fundamental estudar a armação do prédio antes de pensar na estrutura da piscina em si, considerando fatores como presença de vigas (que suportam maior pressão) e orientação do edifício.

O responsável por esse trabalho deve ser um engenheiro civil devidamente registrado no CREA. Só depois do laudo de aprovação desse profissional é que você poderá pensar nas demais características da piscina.

E lembre-se: esse serviço também demanda uma empresa confiável para gerir o projeto e mão de obra especializada para a devida instalação.

Modelo

Quanto ao modelo da piscina, as de fibra são muito mais leves do que as de concreto, além de mais baratas e fáceis de instalar. No entanto, você precisa considerar o modo como elas serão transportadas até a cobertura.

Piscinas de vinil ou de alvenaria revestida com azulejos também são alternativas mais leves e viáveis. Apenas atente-se ao fato de o vinil ser um tipo de material muito frágil, de modo que até mesmo uma simples fivela do biquíni já é capaz de danificá-lo.

Tamanho

Piscinas para cobertura, geralmente, têm as seguintes dimensões: 2m x 2m x 1,4m (comprimento, largura, profundidade). Mas, com a ajuda de um especialista, você pode adaptar o tamanho e o formato (redonda, quadrada, tipo raia etc.) conforme o seu espaço e as necessidades da sua família.

E, nesse sentido, uma dica muito importante é que o tamanho do espaço de convivência também seja considerado.

Isso porque, para deixar o ambiente mais seguro, confortável e esteticamente mais bonito, a área da piscina não pode ocupar toda a extensão da área de lazer. Será preciso também um espaço livre para tomar sol, colocar mesas etc.

Cuidados com a piscina para cobertura

Ter uma piscina em casa significa investir em mão de obra especializada e reservar um tempo na agenda. Não só para cuidar da limpeza e da manutenção do item, mas também de outras medidas de segurança no ambiente, como construir um entorno adequado e nunca deixar crianças desacompanhadas nessa área.

Instalação

Por se tratar de uma obra complexa, qualquer erro no processo de instalação pode gerar prejuízos gigantescos. Portanto, contratar mão de obra diferenciada e escolher materiais de qualidade é o primeiro passo para uma instalação bem-sucedida.

Um bom projeto de instalação precisa contemplar questões hidráulicas sobre a alimentação da piscina, fluxos, circulação e vazão da água.

Além disso — sobretudo para o caso das coberturas —, é essencial impermeabilizar o perímetro da piscina. Essa é a maneira mais eficaz de prevenir vazamentos e infiltrações. A escolha adequada dos materiais de revestimento também contribui para uma instalação mais segura.

O uso de pastilhas muito pequenas, por exemplo, não é recomendado. Isso porque, em grandes amplitudes térmicas, elas podem se descolar mais facilmente, abrindo caminho para a infiltração.

As piscinas de fibra, vinil ou manta de PVC, quando apoiadas diretamente no solo, representam o único caso que não precisa de impermeabilização, já que esses materiais são impermeáveis por natureza.

Manutenção

De fato, há quem diga que o custo de manutenção da piscina é caro. No entanto, esse valor vai depender exclusivamente da rotina de cuidados que você tem com sua área de lazer.

A manutenção é simples, porém, imprescindível: checar constantemente a área da piscina para prevenir infiltrações, cuidar da limpeza da água — com adição de cloro e aspiração do fundo — e manter o entorno seguro.

Ou seja, cuidando da sua piscina semanalmente e com os produtos adequados, você evita grandes despesas e mantém a segurança do local.

Paisagismo

Não basta ter uma piscina segura para se refrescar quando quiser: a cobertura também precisa ser confortável. E, é claro, bem bonita, não é mesmo? Decks de madeira ou revestimentos em pedras e mármores têm tudo a ver com áreas de lazer externas, já que esses materiais são resistentes e sofisticados.

Os decks de madeira impermeabilizada são quase unanimidade na escolha, mas nada te impede de revestir o entorno com pedras, por exemplo. Nesse caso, prefira as frias e menos polidas, pois são mais seguras.

Sinônimo de luxo e requinte, o mármore também é uma excelente opção. Entretanto, vale lembrar que esse material é consideravelmente mais caro quando comparado a outras pedras e à madeira.

Por fim, jardins verticais, cascatas, iluminação de LED dentro da água, paredes de vidro e bordas infinitas são outras sugestões interessantes para tornar a sua área de lazer ainda mais requintada e elegante!

Apenas não se esqueça dos itens fundamentais de segurança — como cuidados com ralos e instalação de redes de proteção — principalmente se você tiver crianças em casa. E jamais as deixe sozinhas nessa área.

Então, gostou do post? Agora que você já sabe todas as informações necessárias para investir no projeto ideal de piscina para cobertura, sinta-se à vontade para nos contar suas ideias nos comentários!

Powered by Rock Convert

POSTS RELACIONADOS


Share This