VISITE NOSSA LOJA VIRTUAL Loja Virtual de Piscina Loja Virtual de Piscina

Para ter uma piscina divertida e que atenda às suas exigências, não basta apenas comprá-la. A manutenção também é fundamental. E um descuido pode levar a uma infiltração ou um vazamento na piscina.

Além de diminuir a vida útil, esses problemas levam ao desperdício de água e de dinheiro e ainda comprometem a segurança.

Porém, essa situação não precisa ser tão grave. Sabendo exatamente como agir, é possível evitar complicações maiores. Para resolver tais questões, este artigo traz tudo o que você precisa saber sobre o assunto. Continue lendo e veja como resolver!

Como identificar se a sua piscina está vazando?

Muitas pessoas deixam de consertar esses contratempos porque não sabem, em primeiro lugar, que eles existem. A tarefa de identificar um vazamento na piscina é indispensável para que você possa agir.

Algumas das técnicas, inclusive, podem ser feitas por você mesmo, com coisas que estão dentro de casa. Dentre as principais possibilidades estão:

Desligamento da casa de máquinas

Todo processo de reconhecimento tem que começar com tudo desligado. Ao desativar a bomba, a cascata e os demais elementos, você vai ter uma chance maior de identificar se há algum ponto mais aparente.

Um problema no ralo, por exemplo, pode ficar mais nítido com tudo desligado. Da mesma forma, uma rachadura muito grande talvez fique encoberta pela cascata. Ao desligar tudo, esse reconhecimento fica mais simples.

Comparação de níveis

Uma das formas de identificar esses pontos de fuga é utilizar um balde com água e colocá-lo em um dos degraus do lado de dentro. Ele deve ter o mesmo nível do lado em seu interior e do lado de fora.

Para tornar tudo mais firme, vale a pena utilizar algum tipo de peso do lado de dentro do balde, como tijolos ou pedras.

Se tudo estiver normal, após 24 horas o nível se manterá o mesmo — em ambas as partes. Caso haja algum vazamento na piscina, o nível do lado de fora será menor, já que a água que está no balde não tem como sair.

Marcação do nível

Você também pode colocar um marcador, como uma fita, para indicar o nível. Desligue a bomba e todos os equipamentos e, após algumas horas, verifique se a marca da água está mais baixa.

Porém, é importante ter em mente que não é porque o nível está mais baixo que há, necessariamente, uma perda anormal. Em dias muito quentes ou em condições climáticas específicas, é natural que a medida fique um pouco abaixo.

Por isso, é importante garantir que o nível esteja muito menor do que o esperado pela média, o que indica algum tipo de anormalidade.

Coloração da água

A terceira possibilidade inclui usar um corante, como o alimentício. Ele serve para quando há suspeitas de que um ponto específico está com esse tipo de problema. Com tudo desligado, coloque um pouco de tinta na região. Caso o produto seja sugado, o cenário fica confirmado.

Quanto maior for a velocidade ou a intensidade com a qual a tinta some, maior é a perda de líquido. Essa técnica, entretanto, só serve para quando você já sabe que há uma infiltração e desconfia onde ela está. Além disso, é importante limpar bem a piscina previamente para que seja mais fácil identificar onde o provável ponto está.

Porém, não é incomum que haja escoamentos menores, mas que ainda impactam o nível de água. Assim, nem sempre é possível identificar utilizando essas técnicas.

Se for esse o seu caso, chame uma empresa especializada em piscina. Com o uso de equipamentos adequados, como um aparelho de ultrassom, eles conseguirão identificar com mais precisão onde mora o problema.

Quais são as principais causas de vazamento na piscina?

Tão importante quanto reconhecer e identificar o escoamento é saber o motivo que levou a essa questão. Somente assim é possível consertar e evitar que a diversão embaixo d’água fique comprometida.

Uma das possibilidades mais comuns é a existência de uma rachadura ou fratura. Como a continuidade é comprometida, o líquido vaza por onde não deveria.

Se ela for revestida por azulejos ou pastilhas, o responsável pela impermeabilização é a manta que fica abaixo do revestimento. Se o azulejo eventualmente soltar, não significa que haverá vazamento.

As Infiltrações na estrutura e comprometimento dos equipamentos, como os canos, podem até soltar os azulejos. Mas isso ocorrerá por conta do tratamento inadequado ou erro conceitual na hora de construir a piscina.

A causa mais grave diz respeito à falha do projeto. Construir uma piscina sobre a raiz de uma árvore maior, sem ter percebido isso previamente, faz com que a estrutura fique mais frágil e sob o risco de rachaduras.

Obras ao redor do espaço e o manuseio incorreto de elementos, como as redes para limpeza, também podem causar choques e impactos que levem a pontos de onde a água foge.

Como resolver os problemas de infiltração?

Dependendo do tipo de escoamento e da piscina, a solução é diferente. Se você possui uma piscina de azulejo, cujo defeito está em seu revestimento ou elaboração do projeto, a simples recolocação da peça não resolverá o problema. Será necessária a recomposição da manta que fica abaixo dos azulejos.

Em uma de fibra, é necessário realizar a cobertura de rachaduras com material específico. Ele funciona como uma espécie de cola, que impede que a água fique vazando, ainda que em pequenas quantidades.

Já se o problema é na região da bomba ou dos canos, a busca por um profissional especializado é indispensável. Dependendo da situação, pode ser necessário apenas fazer uma pequena troca de elementos.

Caso a saída de água seja muito pequena, mas contínua, pode ser uma questão de impermeabilização. Se for o caso, deve-se utilizar um produto especial para evitar a situação. Em muitos casos, ele é jogado na própria água da piscina, de modo a se espalhar e garantir que as paredes fiquem devidamente protegidas.

Causas estruturais, por outro lado, exigem mais atenção. Pode ser exigido mudar algumas questões a respeito da construção ou do posicionamento, de modo a evitar que o problema continue acontecendo.

Não se esqueça de que escoamentos maiores ou problemas mais complexos exigem o auxílio de uma empresa especializada. Assim, dá para garantir que tudo ficará intacto.

Agora que você já sabe como consertar vazamento na piscina e infiltração, que tal aprender a renová-la? Baixe nosso e-book gratuito e saiba como criar a área de lazer dos sonhos!

Powered by Rock Convert

POSTS RELACIONADOS


Share This