VISITE NOSSA LOJA VIRTUAL Loja Virtual de Piscina Loja Virtual de Piscina

Uma das importantes funções da casa de máquinas de uma piscina é realizar a filtragem da água. É dessa forma que o equipamento retém a sujeira e partículas que desequilibram os parâmetros da água e interferem em sua qualidade.

Mas será que é preciso manter o filtro em funcionamento 24 horas por dia? Neste post vamos esclarecer para você essa dúvida e também apresentar outros detalhes sobre o filtro e o processo de filtragem. Continue lendo e saiba mais sobre como filtrar a piscina!

Como funciona o filtro de uma piscina?

Para fazermos a filtragem da água de um modo geral existem diversos sistemas de filtro com elementos filtrantes variados, como carvão ativado, areia, pedra porosa, telas, entre outros. Mas e no filtro da piscina, você sabe o que é utilizado para filtrar a água?

O sistema tradicional de filtros para piscina é aquele de areia. No entanto, a sujeira não fica toda retida nesse elemento filtrante, já que outros componentes auxiliam na filtração. Esse é o caso do skimmer, a primeira barreira para partículas indesejadas.

A água da piscina é sugada por uma bomba que faz com que ela passe pelo skimmer, onde ficam retidos os resíduos maiores. Depois, a água segue para o pré-filtro, que retém partículas menores, e em seguida ela é direcionada para o filtro, que retém as partículas de menor micragem.

Depois de passar pelo filtro é que ela, então, retorna limpa para a piscina. Mas para que esse processo seja eficiente é fundamental que o filtro esteja sempre com a manutenção em dia.

Isso porque um filtro sujo e sem manutenção não consegue reter com eficiência os resíduos e partículas. Além de deixar passar algumas partículas em razão do excesso de material acumulado, a falta de manutenção ainda força todo o sistema, já que a sujeira impede o livre fluxo da água por ele.

Assim, é essencial manter o filtro limpo, também como o skimmer, para que a água possa circular livremente e o sistema retenha todas as impurezas contidas nela.

E além da boa higienização, na manutenção também é preciso reparar possíveis problemas que possam acontecer com o filtro, como algum elemento danificado, por exemplo. Danos no equipamento comprometem seu funcionamento, o que interfere na filtragem e, consequentemente, na qualidade da água.

Isso se dá porque são as partículas e resíduos que reagem com o cloro, promovendo formação de cloraminas, substâncias que causam desconfortos para a pele e os olhos. Além disso, a sujeira não filtrada também desregula o pH e alcalinidade, podendo favorecer a formação de algas e ainda deixar a água turva.

Quantas horas por dia o filtro deve funcionar?

Não existe uma regra ou um tempo certo para filtrar a piscina, porque isso varia de acordo com cada uma. A recomendação é que seja feita uma filtragem de 8 a 12 horas por dia, no entanto, isso vai variar em razão de diversos fatores.

Para que a piscina permaneça sempre limpa o ideal é que toda a água seja filtrada uma vez por dia, ou seja, em 24 horas toda a água da piscina precisa passar pelo filtro. Assim, piscinas maiores e menores têm um tempo diferente de filtração.

Para saber o tempo ideal para filtrar a piscina é essencial conhecer o volume de água que ela comporta. Além disso, também é preciso observar qual é a vazão do filtro, pois é ela que indica quantos litros por hora o equipamento pode filtrar, e então, é feito um cálculo do tempo ideal para cada piscina.

Não se preocupe, essa conta não é difícil de ser feita. Vamos explicar para você num passo a passo:

  1. Verifique o volume de água da piscina e anote esse valor para não esquecer;
  2. Observe, no equipamento ou no manual, a vazão por hora do modelo de filtro que você utiliza em sua piscina;
  3. Divida o volume da piscina pela vazão de água do filtro; utilize uma calculadora para ter um resultado preciso;
  4. O resultado da conta anterior é a quantidade de horas ideal para que o filtro permaneça acionado.

Essa fórmula ajuda a calcular o tempo ideal, mas lembre-se de que algumas circunstâncias podem exigir que o filtro permaneça mais tempo ligado. Por isso, utilize esse valor como referência mínima, mas considere as condições mais severas quando elas acontecerem.

Esse é o caso de períodos em que a incidência de vento é maior, o que leva mais sujeira para a piscina e pode exigir uma filtragem prolongada.

Se a piscina estiver sendo utilizada com muita frequência, como no período de férias, em datas especiais ou encontros de amigos e familiares, isso também pode deixar a água mais suja. Nesse caso também é preciso filtrar a piscina por mais tempo e manter um controle rigoroso dos parâmetros de cloro, pH e alcalinidade.

Então, utilize-se do raciocínio lógico para ter uma média de tempo, mas também aposte na observação para verificar se esse tempo está adequado ou não.

Existe algum cuidado especial para filtrar a piscina?

A piscina exige cuidados constantes, e isso também inclui o momento da filtração. Como dito, é essencial manter o filtro com a manutenção em dia, tanto da sua estrutura como do elemento filtrante e demais equipamentos.

Além disso, outro cuidado que se deve ter ao filtrar a piscina é observar se todos os registros e válvulas estão posicionados corretamente. Também é essencial evitar ligar a motobomba sem circulação de água, pois isso pode danificar o equipamento.

Tenha como regra que não se deve mudar a posição da válvula do filtro quando a bomba estiver ligada. A mudança brusca também causa danos. E tenha o cuidado de nunca fechar todos os registros, com exceção dos períodos de manutenção.

Não se esqueça de que para filtrar a piscina de forma eficaz é essencial adquirir um sistema de filtragem que seja adequado para o volume e água que ela comporta. Filtros muito potentes numa piscina pequena podem danificar o tanque, e filtros de menor potência em piscinas grandes têm uma eficácia menor.

Por isso, para filtrar a piscina sem ter prejuízos e ainda garantir a qualidade da água, sempre opte pelo equipamento certo, realize sua manutenção, a filtragem diária segundo o ideal para sua piscina e, ainda, opere a casa de máquinas com cuidado. Tudo isso vai garantir uma piscina bonita, limpa, saudável e segura.

Quer ter acesso a mais conteúdos interessantes como este, que vão te ajudar nos cuidados com sua piscina? Então assine nossa newsletter e não perca nossas atualizações!

Powered by Rock Convert

POSTS RELACIONADOS


Share This