Piscina com vidro: cuidados, vantagens e desvantagens e mais!

3 dicas de como fazer economia no condomínio
novembro 27, 2020
Aprenda como fazer a limpeza da borda da piscina corretamente
dezembro 14, 2020

Piscina com vidro: cuidados, vantagens e desvantagens e mais!

Ter uma piscina em casa é o sonho de consumo de muita gente, principalmente se ela for elegante e sofisticada como uma de vidro. As etapas da construção de uma piscina de vidro são basicamente as mesmas das tradicionais: escavação do terreno, concretagem e impermeabilização.

Porém, as piscinas com vidro envolvem maior sofisticação no detalhamento para garantir que o vidro suporte a pressão da água. Deixa-se um vão na estrutura de alvenaria e, após a cura do concreto, é inserida uma estrutura de fixação. A mais comum usa perfis metálicos, os quais receberão os vidros multilaminados bastante reforçados (semelhantes aos blindados).

O que você acha de investir em uma piscina de vidro, ter momentos de lazer e ainda valorizar seu patrimônio? Continue a leitura e descubra tudo sobre a mais luxuosa das piscinas!

Quais são os cuidados essenciais com a piscina com vidro?

Quando uma piscina de vidro será construída no solo, é necessário contar com especialistas, como engenheiros, arquitetos e topógrafos, para analisar as condições do solo e a viabilidade de construí-la.

Já quando a piscina de vidro é prevista para ser construída incorporada em edifícios e residências, o seu processo de execução deve ser iniciado junto ao projeto da construção. Isso porque todas as cargas devem ser previstas e as estruturas preparadas para receber o peso da piscina.

Independentemente de qual for a situação, é imprescindível contratar uma empresa especializada para dimensionar a estrutura e utilizar os vidros que garantem a segurança do banhista. No momento da contratação, procure saber se o fornecedor emite ART (Anotação de Responsabilidade Técnica) e atende às normas técnicas da ABNT.

Quais são as vantagens desse modelo de piscina?

  • durabilidade: como o vidro apresenta bastante flexibilidade à temperatura, a piscina de vidro se adapta facilmente tanto a climas tropicais quanto a extremo frio. Sendo assim, ela pode ser utilizada em qualquer estação sem você ter que se preocupar com possíveis danos;
  • fácil manutenção: quanto se trata de limpeza, a piscina de vidro precisa de pouca manutenção. Isso porque, diferente de azulejos, por exemplo, o vidro acumula menos sujeira devido a sua superfície lisa, tornando a higienização mais prática;
  • diversidade de design: o vidro permite piscinas mais criativas, com diversos formatos e dimensões, já que é um material que pode ser tanto reto quanto curvo. Além disso, o volume da piscina pode ser inteiro acima do solo ou ser parcialmente enterrado com apenas alguns recortes de vidro.

Quais são as desvantagens desse modelo de piscina?

  • investimento: a piscina de vidro é uma das mais caras do mercado devido ao material utilizado, como as chapas de vidro, e pela necessidade de contratação de mão de obra especializada. O projeto de piscina escolhido também interfere diretamente no valor, uma criação suspensa, por exemplo, com certeza elevará o preço final;
  • monitoração constante: esse tipo de piscina precisa receber monitoração e manutenção com frequência para manter a estanqueidade e evitar vazamentos;
  • dificuldade em encontrar empresas especializadas: como a piscina de vidro ainda não é tão usual, o número de especialistas encontrados no mercado é baixo. Poucos profissionais têm a qualificação necessária para reproduzir esse modelo com eficácia e segurança.

O mais interessante da piscina de vidro é o fato dela ser uma solução arquitetônica adequada tanto para casas urbanas, como de campo ou de praia. Após a finalização da sua construção, basta enchê-la de água e verificar se a impermeabilização foi executada corretamente e se não há vazamentos. Feito isso, é hora do mergulho!

Então, o que você acha de ter uma piscina de vidro em sua casa? Se você está interessado, conte com a gente! Basta entrar em contato!