Fique ligado nessas 6 dicas de decoração da área externa

Deck para piscina: como escolher um para colocar no condomínio
março 31, 2020
A piscina como diferencial para o hotel: conheça as maiores tendências
abril 17, 2020

Fique ligado nessas 6 dicas de decoração da área externa

Não há como negar: é um privilégio poder desfrutar de um espaço ao ar livre dentro dos limites da sua própria residência. Quando temos acesso a um ambiente assim, conseguimos aproveitar inúmeros momentos de relaxamento e reflexão. Fora isso, toda a família sai ganhando, uma vez que consegue curtir dias incríveis de lazer e diversão. No entanto, para que o local fique pronto para essas ocasiões, é fundamental pensar cuidadosamente na decoração de área externa.

Ao considerarmos essa questão, conseguimos criar projetos de design de interiores completos, mesmo em espaços com as metragens limitadas. Inclusive, o trabalho é ideal para valorizar o imóvel, o deixando mais belo, atual e de acordo com as necessidades de um público bem exigente.

A parte boa? Existem diversas formas de produzir uma área externa de um jeito único, que consiga refletir a sua personalidade e se adaptar ao lifestyle dos moradores. Para te deixar por dentro do assunto, viemos até aqui compartilhar algumas dicas exclusivas e que separamos especialmente para o tema. Inspire-se e descubra como construir o seu cantinho dos sonhos!

A importância de ter um espaço de lazer na sua casa

Todos queremos ter mais qualidade de vida e bem-estar, principalmente durante o tempo que passamos dentro de nossas casas. Por esse motivo, a busca por espaços de lazer nas áreas externas das residências, que propiciem momentos de descontração com amigos e familiares, aumentou muito nos últimos anos.

Esse fato também é intensificado por conta do crescimento da violência e do trânsito caótico, especialmente nas grandes cidades. Diante desse cenário, muitas pessoas preferem ficar em casa e, com isso, evitar dor de cabeça.

Mas, vamos combinar: não existe nada melhor que poder reunir os amigos, oferecer jantares, churrascos e fazer todo o tipo de confraternização. Nesse momento, os famosos espaços gourmets se tornaram um local de grande destaque, tanto em residências, quanto em apartamentos.

Neles, os moradores conseguem unir, em um só lugar, a cozinha, a churrasqueira e, quem sabe, até um forno a lenha. Tudo isso, em uma área de convivência espaçosa e confortável para todos os moradores e convidados.

Valorização do imóvel

Uma área de lazer bem-arquitetada e decorada pode valorizar — e muito — o imóvel como um todo. Além disso, é uma ótima alternativa para quem pensa em vender a moradia algum dia.

Uma área com piscina, por exemplo, traz um diferencial no mercado porque ela apela para o lado familiar. Afinal, esse espaço agrega felicidade e bem-estar aos moradores, principalmente, aqueles que têm crianças na família.

Por isso, ter um ambiente com piscina consegue valorizar em até 45% o imóvel. Esse percentual pode ser ainda maior se alguns itens forem acrescentados ao espaço. Te contamos já quais são eles:

  • jardins em volta da piscina;
  • fontes de água e cascatas;
  • decks bem-planejados e com superfícies antiderrapantes, que diminuem o risco de acidentes;
  • cobertura de piscina com um material resistente, que reduz o risco de acidentes com crianças;
  • sistema de iluminação que destaque o espaço;
  • mobílias em bom estado e resistentes à exposição de água e sol;
  • sistemas de aquecimento, entre outros.

6 dicas de decoração para a área externa

Finalmente, chegamos na parte mais esperada deste artigo: as dicas para decorar e mobiliar o espaço de lazer e relaxamento da sua casa. Abaixo, selecionamos as principais delas. Anote para conseguir colocá-las em prática!

1. Área verde e jardim

Em primeiro lugar, é preciso escolher as espécies de plantas que você quer para enfeitar o seu jardim. Para isso, você deverá levar em consideração alguns fatores básicos, como o tipo de terreno, se ele é coberto ou não e qual o estilo de arquitetura da sua casa. Vale verificar ainda quais plantas melhor refletem a sua personalidade e se encaixam na estética do ambiente.

Para facilitar, vamos ilustrar. Se você gosta do verão, sol, mar, sombra e água fresca, provavelmente o seu estilo de decoração está mais próximo do conceito tropical. Assim, bananeiras e samambaias são uma ótima pedida. Também é possível apostar no uso de flores silvestres e em tonalidades vibrantes.

Em contraponto, se você se interessa por um estilo mais romântico e provençal, tudo bem. Nesse contexto, as lavandas dão todo um charme na composição. Já para quem aprecia o estilo japonês, azaleias e bambus são as melhores alternativas.

Além das típicas folhagens, pode-se compor o local com pedras (brancas pequenas ou pedras de rio), criando caminhos pelo espaço. Acessíveis, esses itens permitem que o solo fique mais úmido e ajudam os moradores a se localizarem bem.

Fontes de água também são ótimos itens de decoração para jardins, sabia? Além de embelezá-lo, essas charmosas estruturas promovem sensações de relaxamento e tranquilidade. Faça o teste!

2. Piscina

O seu espaço conta com uma piscina? Ótima notícia! Nessa área, a dica é escolher um mobiliário adequado. Além de ser esteticamente agradável, os móveis devem ser duráveis, práticos e funcionais.

Atualmente, os melhores materiais são o alumínio e a fibra. O último pode ser encontrado no mercado em vários modelos, o que garante sofisticação e estilo a todo o ambiente. Além disso, eles são superfáceis de limpar e extremamente resistentes à exposição do sol e da água.

Nessa etapa, os sofás e poltronas também precisam de atenção especial. A recomendação é que essas peças sejam feitas a partir de materiais fáceis de higienizar, confortáveis e prontos para proporcionar ótimos momentos de descanso e relaxamento.

3. Área gourmet

Como falado acima, uma área gourmet consiste na integração de uma cozinha com outros ambientes da casa, podendo ser uma sala de estar ou de jantar. Inclusive, ainda é necessário que esse ambiente conte com uma ilha gastronômica, forno de pizza ou, simplesmente, uma boa churrasqueira.

Assim, um dos primeiros pontos a serem pensados nessa fase diz respeito ao balcão — que será utilizado para apoiar alimentos, bebidas e facilitar o preparo dos pratos. O ideal é que esse móvel esteja em uma altura adequada e, de quebra, seja fabricado em um material resistente, de fácil manutenção. Hoje em dia, os mais utilizados para essa finalidade são as pedras naturais, sendo eles o granito e o mármore.

Outra recomendação dos especialistas consiste na utilização de cores neutras e claras nas paredes, já que isso propicia a sensação de amplitude visual do espaço. Além disso, os móveis devem ser distribuídos de modo que não atrapalhem a circulação de pessoas. Para tanto, também indicamos que você evite o uso de mesinhas de centro e outros elementos posicionados no meio da passagem.

4. SPAs (ofurôs, hidromassagens, saunas etc.)

As residências mais sofisticadas e com excelente infraestrutura ainda podem contar com spas exclusivos.

Localizados nas áreas externas, eles costumam ser construídos em variados estilos e dimensões — há opções para todos os gostos e bolsos. Uma forma bastante utilizada na atualidade é integrar o spa à piscina, jacuzzi ou ofurô. Com isso, será possível criar um verdadeiro refúgio para dias de pura tranquilidade e autocuidado.

Por sua vez, a decoração de área externa vai depender do estilo do morador ou da casa em geral. Para uma estética rústica, indicamos o ofurô feito em madeira. Aliás, ele pode ser combinado com jardins com uma composição zen ou tropical.

A melhor saída para os móveis desses locais é que eles sejam fabricados em elementos naturais. Um deles é o vime. Considere também adicionar uma cobertura de tenda, além de construir um deck de madeira ao redor da piscina. Não tem erro!

5. Iluminação

Não poderíamos finalizar este post sem citar a importância da iluminação. Tenha você uma piscina, ofurô, jacuzzi ou espaço gourmet, será necessário caprichar nesse detalhe para que a sua decoração de área externa fique completa.

Nesse caso, a luz adequada ajudará a valorizar a produção do espaço, prezando pela segurança durante encontros noturnos. Para um resultado intimista, o uso de lâmpadas amareladas (quentes) é essencial. Há ainda, a possibilidade de utilizar diferentes acessórios luminotécnicos, como arandelas, postes, spots e até varais iluminados.

Outra dica, é dar preferência às lâmpadas de LED. O motivo? Elas são conhecidas por consumirem bem menos energia e, em paralelo, apresentarem longa vida útil.

6. Tapetes e almofadas

Quem disse que a decoração de área externa não pode contar com almofadas ou tapetes? Pode sim! Versáteis e pra lá de confortáveis, esses acessórios são ótimos para adicionar cor, textura e um toque intimista na composição do espaço.

O único cuidado necessário é evitar cometer exageros. O ideal é posicionar essas peças em poucas quantidades, sobre um sofá, deck ou poltrona. Prefira também as versões confeccionadas em tecidos resistentes e que se dão bem com a umidade, como o acquablock.

Como visto, a decoração da área externa da sua casa não pode ser negligenciada. Ela tem o poder de aumentar a convivência dos moradores e trazer momentos de alegria e descontração. Além, é claro, de valorizar o imóvel.

E então, gostou de acompanhar este artigo exclusivo e repleto de informações valiosas? Caso tenha curtido, aproveite o momento para compartilhar o link nas redes sociais. Os seus amigos também merecem ficar por dentro do universo da construção!