VISITE NOSSA LOJA VIRTUAL Loja Virtual de Piscina Loja Virtual de Piscina

Loja VirtualPowered by Rock Convert

Como começar a construção da sua piscina? A Pool Rescue te ajuda.

Quem não gosta de uma piscina de vez em quando? Principalmente em dias mais quentes um mergulho refrescante é sempre muito bem-vindo. O acesso as piscinas hoje é muito mais fácil graças aos clubes e parques aquáticos. Mas, ainda tem quem prefira uma piscina perto e no quintal de casa. Se você quer saber como construir uma piscina em casa, vai precisar dessas dicas.

A PISCINA

Antes de saber como construir uma piscina você precisa visualizá-la no espaço que você tem disponível em casa. Caso seja uma área grande, você terá possibilidade de maiores estruturas. Porém, não precisa desanimar e desistir do projeto se o espaço for meno. Basta pensar em um modelo de piscina que caiba naquele espaço.

Se você estiver com dificuldade nessa etapa, chame um arquiteto. Com certeza ele poderá lhe ajudar a projetar a piscina ou escolher um modelo que lhe agrade e seja ideal para o espaço. Além disso, o arquiteto analisará o tipo de solo e as condições do terreno para saber qual é a melhor opção para o espaço.

Após a consulta com o arquiteto é chegada a hora de você escolher junto a ele o tipo de piscina. Confira o próximo tópico abordado!

TIPOS DE PISCINA

Alvenaria

As piscinas de alvenaria são fabricadas a partir de malhas de ferro simples, pilares e blocos estruturais. Além disso, recebem em toda a superfície construída uma camada impermeabilizante, a qual pode ser feita de argamassa ou manta asfáltica, entre outros materiais presentes no mercado.

A grande vantagem desse modelo é a liberdade de construir em diversos tamanhos e formatos, e a possibilidade de escolher o tipo de revestimento que mais lhe agrada. Desde azulejas, até pedras naturais. Lembrando que nesse momento, além de considerar a estética, vale considerar a higiene. Alguns desses materiais podem acumular sujeiras, fungos e bactérias, dificultando a manutenção da piscina.

Outro ponto positivo da piscina de alvenaria é o custo benefício. Ela pode até apresentar um custo inicial superior quando comparada com outros modelos, porém, sua durabilidade pode chegar em até trinta anos.

A desvantagem desse tipo de piscina são suas limitações construtivas em relação ao terreno. Se o tipo de solo for menos estável, serão necessários reforços na estrutura, o que encarecerá a obra. Optando por esse modelo, é importante também sempre estar atento a fissuras e rachaduras. Por exemplo, nunca esvazie a piscina sem antes falar com um profissional.

Fibra de vidro

Instalar esse modelo de piscina pré-fabricada consiste em basicamente retirar a terra do local onde será colocada, fixá-la e assentar piso ao seu redor. Basta ficar atento à estabilidade do terreno, em caso de solo instável será necessária a construção de uma estrutura de reforço.

Entre as vantagens da piscina de fibra de vidro estão o custo e os longos prazos de garantia que na maioria das vezes são disponibilizados pelos fabricantes, já que o produto dura em média 10 anos. Além disso, são resistentes aos vazamentos e fáceis de limpar, devido às superfícies lisas que não acumulam impurezas.

O principal ponto negativo é a limitação na escolha do modelo, que é disponibilizado pelo fabricante. Ou seja, nem sempre ela será do tamanho e do formado que você deseja. O transporte dela até o espaço também pode ser um problema, já que em locais de difícil acesso à instalação pode ser inviável.

Vinil

A piscina de vinil tem características muito similares à piscina de alvenaria, pois, basicamente, possuem a mesma estrutura. A grande diferença está no revestimento, que no lugar de azulejos, pastilhas e pedras é usado o vinil.

A vantagem do vinil é o baixo custo e a disponibilidade de estampas encontradas no mercado, a qual você pode inclusive personalizar. Além disso, é um material muito simples de higienizar, pois dispensam o uso de rejuntes, local onde geralmente impurezas, fungos e bactérias se instalam.

Outro ponto positivo é a característica impermeabilizante do vinil. Ou seja, você tem o acabamento e a impermeabilização em um único material, tornando a construção mais rápida e barata. Vale lembrar que caso apresente algum problema, o vinil é rápido e barato de trocar.

O lado negativo é, que por ser mais sensível que a maioria dos outros revestimentos, requer alguns cuidados. A maioria dos problemas com esse material é o uso excessivo de produtos químicos, por isso, é preciso estar atento ao uso de cloro. Objetos cortantes e perfurantes também devem ser evitados próximos do vinil, pois rasgos e furos podem acarretar em vazamentos.

Dessa forma, o prazo de garantia da piscina de vinil costuma ser menor que dos outros modelos, mas tomando os cuidados necessários e fazendo manutenções periódicas, é possível chegar em uma durabilidade de dez anos.

A CONSTRUÇÃO

Construir uma piscina é complexo e exige um determinado investimento. Antes de iniciar as obras, retome a reunião com o arquiteto se achar necessário e contrate mão de obra especializada e de confiança. Nunca arrisque fazer sozinho ou chamar aquele amigo “faz-tudo”. Melhor pagar alguém para fazer um bom serviço do que tentar economizar e acabar tendo problemas e, consequentemente, mais gastos.

Depois de encontrar o profissional ideal, é chegada a hora de colocar a mão na massa. O primeiro passo é limitar a área onde ficará a piscina e cavar. É essencial que você já tenha definido a profundidade da construção, se vai ser rasa, funda ou com vários níveis de profundidade.

Também será necessário contratar um bombeiro hidráulico para criar o sistema de bombeamento e filtragem da piscina, isso ajudará a manter a piscina sempre com a água limpa e bem tratada.

Pronto, passaram-se os meses e a sua piscina está pronta. Agora é só encher certo? Não. Vamos com calma. Antes de encher e dar o seu primeiro mergulho é necessário que a piscina passe por um processo de limpeza rigoroso. Entre na piscina, ainda vazia, e limpe cada centímetro dela com cloro, água e sabão. Dessa forma, você garante que nenhuma sujeira ficará na piscina quando for enchê-la.

MERGULHE

Agora que sua piscina está pronta, limpa e cheia, você pode aproveitar a vontade. Se você quer continuar vendo sua piscina linda e com a água transparente, será preciso alguns cuidados constantes. Você vai precisar de alguns materiais que vão ajudar nessa tarefa, como rede para limpeza, aspirador e cloro, basicamente.

Você precisará fazer uma limpeza geral diária e uma limpeza mais caprichada uma vez por semana. Não esqueça de tirar a sujeira da água sempre que encontrá-las. Aspire o fundo e esfregue em volta da piscina. Quando for viajar ou não estiver usando a piscina cubra com uma lona, isso ajudará a mantê-la livre de resíduos e impedirá que insetos apareçam boiando na água. Ter uma piscina é muito bom, mas cuidar dela é muito importante para que todos os esforços e investimentos valham a pena.

Agora que você já sabe como construir uma piscina, que tal conhecer a piscina de tonalidade vermelha? Até a próxima!