VISITE NOSSA LOJA VIRTUAL Loja Virtual de Piscina Loja Virtual de Piscina

Qualquer administrador de condomínio que busca fazer uma gestão inteligente tem como meta economizar nos gastos. Afinal, um condomínio que diminui seus custos consegue investir em melhorias e, consequentemente, influenciar a qualidade de vida de todos os moradores.

Porém, economizar na gestão condominial não é uma tarefa fácil. Aproximadamente metade das despesas são atribuídas aos salários dos empregados. Sendo assim, o restante deve ser muito bem administrado para atingir uma significante economia no condomínio.

Independentemente se você é síndico ou condômino, deve ter interesse em reduzir os gastos e quem sabe até o valor da taxa condominial. Por isso, é importante que as iniciativas sejam tomadas conjuntamente. Pensando nisso, trouxemos 3 dicas que podem ajudar. Confira!

1. Economia de água

Caso ainda não seja o caso do seu condomínio, vale a pena investir na instalação de hidrômetros individuais. Dessa forma, é mais fácil identificar e fazer reparos em caso de vazamentos e os condôminos tendem a assumir uma postura mais consciente. O resultado pode chegar à uma economia de 20%.

Outra opção cada vez mais comum e bastante eficiente é a reutilização. É possível captar e reutilizar a água da chuva em descargas e até mesmo reutilizar a água retirada da piscina durante a sua limpeza, a qual pode ser utilizada para lavar as áreas comuns, por exemplo.

2. Economia de energia elétrica

Uma medida bastante significativa para economizar energia elétrica é a troca de lâmpadas convencionais por lâmpadas de LED. Mesmo que sejam mais caras, será possível perceber a economia no condomínio logo na primeira conta. Afinal, elas gastam em média 80% a menos. Investir em sensores de presença nas áreas comuns, como corredores e hall de elevadores, também é um modo simples de economizar.

Se a intenção é ir ainda mais longe, vale a pena estudar a implantação de painéis solares. A principio pode parecer um investimento demasiadamente alto, mas instalando corretamente, é possível chegar ao valor mínimo da conta de energia elétrica. Essa opção é ainda mais vantajosa para condomínios que contam com piscina aquecida.

3. Economize com manutenção e limpeza da piscina

Muitos administrados acreditam que estão economizando quando descartam a contratação de uma empresa especializada e deixam a manutenção da piscina na mão de um dos funcionários do condomínio. Na verdade, o gasto pode ser significantemente maior. Afinal, é preciso ter conhecimento para utilizar os produtos corretos na hora certa. Caso ao contrário, acaba ocorrendo desperdiço.

Além disso, ao contratar uma empresa especializada, é possível reduzir os gastos com os produtos utilizados na higienização da água. Como a empresa compra produtos para utilizar em diversas piscinas, o valor acaba sendo reduzido.

No começo pode até parecer difícil inserir práticas de economia no condomínio. Porém, não desista. Depois de estabelecidas, elas costumam virar hábito entre todos os condôminos, o que torna muito mais fácil de mantê-las. Vale ressaltar também a importância de um fundo de reserva. Não ter dinheiro em caixa pode levar o condomínio ao vermelho em caso de despesas emergenciais.

Nosso post ajudou você? Temos certeza que sim! Então, compartilhe em suas redes sociais para ajudar outros administradores e condôminos a economizarem!