VISITE NOSSA LOJA VIRTUAL Loja Virtual de Piscina Loja Virtual de Piscina

Durante as longas temporadas sem usar a piscina, na época de frio ou quando a família inteira viaja em férias, cobrir a piscina pode ser a melhor forma de evitar sujeiras e outros problemas.

Fazer a cobertura vai facilitar na manutenção e até mesmo na economia gerada ao longo do tempo, e é por isso que no post de hoje vamos te ajudar a entender melhor porquê cobrir sua piscina e como fazer isso da forma mais adequada.

Confira as dicas!

Escolha o tipo de cobertura

Uma piscina é um investimento para a vida, e mesmo que você não more na mesma casa para sempre, a piscina só irá valorizar o seu patrimônio. Uma vez terminado o projeto, é importante pensar em que tipo de cobertura você pretende usar.

Se você deseja algo mais simples, com o único objetivo de evitar a sujeira, a proliferação de insetos e outros bichos, uma lona própria para a função já é suficiente. Existem diversos tipos de capa, alguns mais resistentes que outros, então cabe a você analisar qual a melhor para a sua piscina.

O importante é que a lona fique sempre bem esticada e presa para não deixar frestas e possíveis fragilidades que possam ser exploradas por fortes ventos ou chuvas.

As capas e lonas são muito eficientes para evitar a sujeira, mas há quem busque outras alternativas de cobertura. Para quem deseja algo mais sofisticado e pode investir mais, os pisos retráteis e as coberturas em vidro temperado são duas belas opções.

Os decks retráteis aliam beleza e funcionalidade, já que o sistema permite descobrir a piscina sempre que você quiser. Ele funciona como se fosse um painel e, na hora que se recolhe, pode ir para o lado ou pode ficar em pé próximo à piscina. Tudo vai depender do espaço que você dispõe. Converse com um profissional da área e encontre a melhor solução!

Já as coberturas de vidro são mais indicadas para grandes piscinas em locais onde são realizadas festas e eventos frequentes. Não é tão acessível e também não é a opção mais prática para quem, de fato, utiliza a piscina para banho.

Antes de cobrir a piscina, faça uma limpeza completa

Escolhida e comprada a lona, antes de fechá-la pela próxima temporada faça uma limpeza completa. Cerca de 5 dias antes do fechamento da piscina, limpe-a normalmente, como se estivesse fazendo a manutenção para uso.

Ajuste o pH para um nível entre 7,2 e 7,6; equilibre a alcalinidade, buscando um nível variável entre 80 e 120; e ajuste a dureza do cálcio entre 100 e 200. Esse procedimento vai evitar possíveis corrosões ou acúmulos indesejados, mantendo a vida útil da piscina.

Também é preciso utilizar um tratamento de choque para matar as bactérias, com níveis mais elevados de cloro do que o que você costuma usar. Como ninguém irá nadar na piscina por um longo período, o produto usado deve ter pelo menos 65% de hipoclorito de cálcio, quantia suficiente para impactar a água.

Extermine as possíveis algas ainda antes de vedar a piscina, utilizando um algicida com efeito duradouro e extra forte. Antes de usá-lo, verifique se ele possui cobre. Se tiver, cheque o nível de cloro na piscina, pois as duas substâncias não são compatíveis.

Se o resultado estiver acima de 2 ppm, evite usar o algicida, pois a reação química pode causar manchas nas paredes de sua piscina. Caso o produto não tenha cobre, você pode usá-lo tranquilamente após 10 minutos da aplicação do cloro.

Ainda é preciso retirar as substâncias sólidas como de costume, utilizando a peneira e, posteriormente, varrendo e aspirando a piscina.

O que acaba acontecendo durante o inverno é que, ao longo de todo o período de frio, não há tanta necessidade do uso do cloro, e o pH tende a variar menos, bem como a alcalinidade. Nesse caso, é uma boa prática usar cloradores flutuantes e um timer para programar os dias e horários de filtração da piscina.

Tenha atenção também com os equipamentos e nível da água

Se possível, retire todos os acessórios antes de fechar a piscina. Escadas e outros objetos decorativos, depois de bem secos, podem ficar guardados em uma despensa, evitando mofos e deteriorações.

Invista em cuidados que irão resultar em economia

O seu principal objetivo pode até ser evitar sujeira, mau cheiro e proliferação de insetos, mas saiba que, ao cobrir sua piscina, você também acaba gerando economia de produtos químicos e de água. Todas as piscinas são vítimas da evaporação, as taxas normais chegam até 3 mm por dia.

Seja no inverno ou no verão, a ação do sol e dos ventos faz com que uma piscina de 8,0 m x 5,0 m de área tenha até 3,8 mil litros de água se evaporando por mês.

Você tem noção de quanto esse número representa? Segundo cálculos de consumo diário de água, essa quantia é equivalente ao consumo de uma família com quatro pessoas durante aproximadamente um ano e meio!

Além de prejudicar o planeta com essa perda, você também acaba sentindo no bolso, já que terá de repor toda essa água quando for voltar a utilizar a piscina. Mais um bom motivo para arranjar logo uma cobertura, não é mesmo?

Faça o fechamento para a manutenção da água ficar mais fácil

Pode até parecer trabalhoso o processo de limpeza antes do fechamento, mas todo esse cuidado gera bons resultados no futuro. Se você fizer o procedimento completo, aplicando todos os produtos na medida indicada, é bem provável que depois do período de vedação a água esteja bem regulada e sem algas e outras sujeiras.

Dessa forma, é bem provável que a manutenção seja bem reduzida, normalmente apenas nivelando os níveis para que a piscina fique própria para banho.

Contribua com a prevenção de doenças

No Brasil, a luta contra a proliferação do mosquito transmissor da dengue, Zika e Chikungunya não cessa nunca, então, faça a sua parte!

Todos sabem que água parada é chamariz de insetos, quando não de outros bichos como sapos e ratos. Imagine, então, como uma piscina esverdeada e com forte odor se torna um paraíso para os animais indesejados! Das duas uma: ou você cobre a sua piscina durante o inverno, ou segue tratando a água durante o ano todo, ok?

De qualquer forma, se não quiser se preocupar com o tratamento de sua piscina, deixe-o com uma empresa qualificada, pois além de lhe poupar tempo, é assegurada sempre uma piscina pronta para o uso!

Gostou das nossas dicas para cobrir a piscina de casa? Se você tem crianças na família, esse é outro bom motivo para redobrar a atenção, certo? Se quiser mais dicas para aumentar a segurança dos pequenos em torno da água, baixe o nosso Guia da Piscina Segura para Crianças! Nosso e-book é gratuito e vai auxiliá-lo nesta constante tarefa de atenção e carinho com os pequenos amantes de piscinas.

Powered by Rock Convert

POSTS RELACIONADOS


Share This