VISITE NOSSA LOJA VIRTUAL Loja Virtual de Piscina Loja Virtual de Piscina

Sustentabilidade é o termo utilizado para definir ações e atividades humanas que visam suprir nossas necessidades sem comprometer o futuro das próximas gerações. Ou seja, está diretamente ligada ao desenvolvimento econômico e material sem agressão ao meio ambiente, por meio do uso de recursos naturais de forma inteligente — para que eles não se esgotem no futuro.

Cada pequena ação de sustentabilidade é importante para manter nosso planeta vivo e, consequentemente, nossa vida mais agradável e saudável. Além disso, a preocupação ambiental pode ser um grande aliado na captação de hóspedes mais preocupados com a conservação dos recursos naturais.

Pensando nisso, separamos 4 dicas sustentáveis para você cuidar da piscina e contribuir para um planeta mais saudável. Confira e comece a segui-las já!

1. Evite o desperdício

A água é um dos recursos naturais mais importantes do planeta. Por isso, devemos sempre lembrar que ela é finita e, portanto, encontrar caminhos para evitar seu desperdício é fundamental.

Evaporação

Um dos maiores responsáveis por esse desperdício é a evaporação. Estima-se que, em média, perdem-se 3.785 litros de água evaporada ao ano. Para não deixar que isso ocorra, há soluções bastante simples, como utilizar capas protetoras, lonas ou outro tipo de cobertura plástica.

Transbordamento

Se o nível de água estiver muito alto, a água vai transbordar e todo esse líquido que sair da piscina será desperdiçado. Esse tipo de problema também é facilmente resolvido. Basta deixar a altura da água limitada a até 15 centímetros de distância da borda. Assim, mesmo nos dias mais agitados e com muitos frequentadores se refrescando na piscina, o nível da água não subirá além da borda — garantindo, assim, que ela não seja desperdiçada.

2. Aqueça naturalmente a água

A utilização da energia solar já é uma realidade e uma forma extremamente sustentável para gerar energia. Diversas empresas a usam pensando na economia e no bem que faz para o planeta. Com um aquecedor solar, a piscina pode ser aquecida naturalmente, contribuindo para uma economia significativa na conta de luz. Para que não haja desperdício, tenha em mente que é necessário se planejar, e saber a dimensão e a capacidade exatas da piscina para escolher o melhor sistema.

É possível encontrar placas solares por preços bem acessíveis e, mesmo que seja preciso fazer um investimento um pouco maior, leve em consideração a economia de energia ao longo do tempo, além, é claro da contribuição do resort para um planeta mais saudável.

Veja alguns tipos de sistema de aquecimento:

Sistema direto

No sistema direto, a água circula diretamente nos coletores de energia solar. Normalmente, possuem baixo custo e rendimento fraco.

Sistema indireto ou convencional

Sistema de aquecimento mais utilizado nas piscinas. Nele, o calor é recolhido em coletores de alto rendimento e conduzido para a piscina por meio de permutadores.

3. Faça manutenção e limpeza regularmente

Para ajudar na economia, faça manutenções e limpezas regularmente em sua piscina. Para isso, invista em bons equipamentos para aumentar a durabilidade da água. Assim, trocas constantes serão evitadas, bem como desperdícios desnecessários, tanto de produtos quanto da própria água.

Entorno da piscina

Estude o fluxo de pessoas até a piscina e mantenha as áreas próximas sempre limpas. Isso impede que os banhistas levem sujeira até a área de banho — evitando gastos com manutenção e limpeza da piscina em si, além de uma possível necessidade de troca de água.

Skimmer

Também chamado de coadeira, é um dispositivo que fica nas bordas da piscina e tem a função de captar a sujeira que, por acaso, caia na superfície da água. Sua limpeza deve ser feita de forma manual regularmente.

Pré-filtro

Este equipamento aspira e filtra a sujidade, evitando que ela atrapalhe o funcionamento da bomba. Assim como o skimmer, sua limpeza deve ser feita manualmente.

Peneira

Mesmo utilizando o skimmer e o pré-filtro, algumas partículas podem não ser absorvidas. Por isso, procure peneirar a piscina diariamente, com o objetivo de retirar folhas, galhos e insetos da superfície da água.

Escova

Utilize uma escova para piscinas com cerdas macias para limpar suas paredes e fundo. Isso evita o acúmulo de algas, bactérias, fungos e a aparição de manchas. Não utilize escovas com cerdas metálicas, pois elas podem danificar e até mesmo causar vazamentos — elevando o consumo de água no local.

Decantação e aspiração

Faça a decantação para separar as partículas sólidas e, em seguida, aspire para retirar todas as partículas depositadas no fundo. Você deve ter muito cuidado com essa etapa, de forma a evitar que as partículas de sujeira voltem a se misturar com a água — e, consequentemente, que você tenha que refazer todo o processo.

Controle de pH, alcalinidade e cloro

Com esses 3 fatores controlados, você perceberá como a durabilidade e a usabilidade da água aumentam. Com pH, alcalinidade e cloro bem balanceados, evita-se irritações na pele e nos olhos dos banhistas, além de reduzir a corrosão e a calcificação dos equipamentos utilizados na piscina.

Manutenção

Faça a manutenção de todos esses dispositivos continuadamente. Como você pode notar, eles são primordiais para garantir a qualidade da água — reduzindo, consequentemente, seu consumo, pois não é necessário trocá-la por completo com frequência.

Vazamento

É um dos principais vilões de uma piscina sustentável. Vazamentos desperdiçam litros e mais litros desse líquido precioso. Portanto, faça inspeções periódicas e assim que vir um, conserte o quanto antes.

4. Utilize produtos biodegradáveis

Produtos biodegradáveis são aqueles compostos por elementos orgânicos facilmente degradados por agentes biológicos naturais. Com isso evita-se a contaminação do solo, dos rios, do ar etc.

Os produtos de limpeza não biodegradáveis são nocivos ao meio ambiente, pois possuem derivados de petróleo e são altamente poluentes. Portanto, sempre que possível, escolha produtos biodegradáveis para realizar as limpezas de sua piscina.

É inegável que estamos utilizando muitos recursos do planeta, mas precisamos diminuir esse consumo e também evitar os desperdícios. Agora que você já sabe algumas maneiras de tornar sua piscina mais sustentável, pode cuidar dela com a certeza de que está reduzindo as agressões ao meio ambiente.

Gostou das nossas dicas sobre cuidar da piscina? Então compartilhe este post nas suas redes sociais e ajude a propagar essas ideias para tornar o planeta mais saudável!

POSTS RELACIONADOS


Share This