VISITE NOSSA LOJA VIRTUAL Loja Virtual de Piscina Loja Virtual de Piscina

Como economizar água no hotel deve ser uma preocupação de todos os gestores desse tipo de estabelecimento. Isso porque, ao adotar essa prática, estamos gerando benefícios financeiros e fazendo a nossa parte para preservar os recursos naturais e o meio ambiente.

O lado positivo é que diversas medidas podem ser incorporadas facilmente para alcançar esse objetivo, e nós vamos falar sobre algumas delas neste artigo. Continue lendo e confira dicas de redução do consumo de água para que você possa diminuir custos e também aderir ao movimento sustentável.

1. Previna e conserte vazamentos

Não há como reduzir o consumo de água se os vazamentos estiverem presentes em seu hotel. Afinal, de gota em gota se vão centenas de litros de água por mês. Isso porque, uma torneira pingando, por exemplo, consome cerca de 46 litros de água por dia. Ao final do mês, são 1380 litros gastos sem necessidade.

Por isso, é muito importante que não somente esses gotejamentos sejam eliminados, mas todo e qualquer outro vazamento que esteja ocorrendo nos encanamentos. Fique atento à tubulação e casa de máquinas da piscina, porque ali também pode ocorrer desperdício de água, sendo fundamental realizar a sua manutenção.

2. Conscientize funcionários e hóspedes

O trabalho de conscientização é uma das medidas mais importantes para reduzir o consumo de água. Afinal, esse deve ser um esforço coletivo para que se possa minimizar os desperdícios.

Então, realize campanhas educativas com os seus hóspedes, treine e instrua os funcionários para que eles saibam de que forma é possível economizar esse recurso. Placas e alertas são outra medida interessante para lembrar constantemente a responsabilidade de cada um na economia de água.

3. Instale equipamentos automáticos

Equipamentos automáticos ajudam a restringir o tempo que o fluxo de água permanece disponível para o usuário. Eles são uma excelente forma de fazer economia porque independem da ação do indivíduo, o que reduz os esquecimentos e previne o gotejamento.

Além das torneiras, que já são bastante utilizadas, você também pode instalar uma ducha automática em sua piscina. Elas liberam a água por alguns segundos e depois precisam ser acionadas manualmente se for necessário. Esse é um equipamento muito interessante, já que o banho de ducha é indispensável antes de o banhista mergulhar.

4. Colete a água da chuva

O aproveitamento da água da chuva é uma das principais dicas de como reduzir o consumo de água, e essa prática também pode ser adotada em hotéis. A instalação de cisternas possibilita fazer a captação e o posterior tratamento da água, conforme o modo que será utilizada.

Para tornar-se potável é necessária uma intervenção mais complexa. Mas se a intenção for utilizar para regas e higienização do chão, por exemplo, o tratamento é menos custoso e você economiza a água do abastecimento público, reduzindo significativamente a conta.

5. Trate e não troque a água da piscina

Uma piscina não é como um aquário, que precisa ter a água trocada para manter-se limpo e com parâmetros equilibrados. Para isso, fazemos a manutenção preventiva e corretiva, procurando ao máximo manter a mesma água no tanque.

Existem diversos equipamentos e produtos para tratar a piscina, mantendo a sua qualidade e segurança. Cada um deles tem uma ação diferente, a fim de que todos os problemas possam ser solucionados sem a necessidade de esvaziar o tanque.

Mas é interessante que você tenha o suporte de uma empresa especializada em tratamento de piscinas. Isso para que profissionais possam avaliar as condições dela e fazer as correções necessárias do modo correto, evitando o desperdício dos produtos e da água.

Percebeu como reduzir o consumo de água não é tão complicado assim? Apenas é necessário adotar as medidas certas e tomar decisões estratégicas e inteligentes. Algumas vezes é necessário um investimento inicial, mas que traz um retorno expressivo em médio e longo prazo. O importante é ter a certeza de que você está fazendo economia e preservando o meio ambiente.

E fique atento, porque a piscina pode ser uma grande vilã no consumo de água se não receber a manutenção correta. Veja neste artigo um pouco mais sobre a troca de água do tanque.

POSTS RELACIONADOS


Share This