VISITE NOSSA LOJA VIRTUAL Loja Virtual de Piscina Loja Virtual de Piscina

Você sabia que quando utilizamos um sistema de aquecimento na água da piscina ela acaba “mudando de comportamento”? Por causa disso, o tratamento para uma piscina aquecida é diferente daquele que fazemos na piscina sem aquecimento.

Neste artigo, você vai descobrir a forma ideal de cuidar de piscinas aquecidas e entender o porquê dessa diferença de tratamento. Continue lendo!

As diferenças entre a água aquecida e sem aquecimento

O que acontece se você mantém uma jarra de suco fora da geladeira? Rapidamente, ele vai aquecer, fermentar ou azedar, micro-organismos vão se proliferar e ele vai mudar totalmente a sua composição, tornando-se inapropriado para o consumo, certo?

Isso acontece porque o suco não estará protegido pelo frio da geladeira, que ajuda a inibir a proliferação de micro-organismos e conserva o estado natural do suco. E o mesmo acontece com a água da piscina.

É claro que ela não fica na geladeira, no entanto, a friagem natural da água a mantém saudável, equilibrada e livre de micro-organismos, ou, pelo menos, sua proliferação se dá mais lentamente.

Quando aquecemos a água da piscina, embora ela fique muito confortável para um mergulho, podemos gerar um grande problema para nós mesmos se não tomarmos cuidado. Assim como o suco, a água da piscina vai “estragar” mais rápido quando a aquecermos. Isso significa que ela precisa de uma manutenção mais rigorosa do que as piscinas sem aquecimento.

Ao elevarmos a temperatura da água da piscina, aceleramos diversos processos naturais que influenciam na manutenção. Por exemplo:

Decomposição do cloro

O clima influencia na decomposição do cloro, sendo que, quanto mais quente a água, mais rápido é esse processo. Na piscina aquecida, essa substância se decompõe em menos tempo.

Evaporação

A evaporação da água é mais um processo natural das piscinas, porém, assim com qualquer outra água quente, a da piscina vai evaporar mais rápido ao acionarmos o sistema de aquecimento.

Estimulação de micro-organismos

Micro-organismos também são fatores que precisam ser controlados na água, mas na piscina aquecida eles encontram um ambiente propício para sua proliferação. O seu controle precisa ser mais rigoroso, para se garantir uma água saudável, cristalina e equilibrada.

Crescimento de algas

Luz e calor são tudo o que as algas precisam para crescer verdinhas, e é claro que ninguém deseja ver essa cena em sua piscina. Por isso, quem tem sistema de aquecimento precisa de atenção redobrada para inibir a formação de algas.

Aumento do pH

Outra mudança na composição da água que acontece em razão da temperatura elevada é a alteração do pH. Ele fica mais elevado com o sistema de aquecimento em funcionamento.

Cloraminas

As cloraminas são subprodutos do cloro que fazem com que a água tenha um odor forte e cause ardência nos olhos. Elas se formam mais rapidamente na piscina aquecida.

É por tudo isso que quem deseja colocar um sistema de aquecimento em sua piscina precisa estar ciente de que, para ter uma água própria para mergulhos, será necessário fazer uma manutenção frequente, garantindo, assim, todos os tratamentos de que ela precisa. Veja a seguir quais são eles.

Os principais tratamentos que a piscina aquecida precisa receber

Você pode notar que os problemas que afetam a piscina aquecida são os mesmos que afetam aquelas sem aquecimento. No entanto, como dissemos, o calor acelera os processos e causa desequilíbrios rapidamente. Por isso, a água aquecida necessita de monitoramento constante e rigoroso.

Uma piscina sem aquecimento tem a temperatura média da água em torno de 18° C. Aquelas aquecidas podem passar dos 30° C, chegando a atingir, inclusive, os 36° C, ou seja, o dobro de calor e, por isso, o dobro de cuidados.

Cuidados com o pH da piscina aquecida

Enquanto, para piscinas sem aquecimento, pode-se medir o pH a cada 3 dias, para piscinas aquecidas, é essencial fazer esse controle diariamente. Se o pH estiver elevado, deve-se utilizar um redutor de pH.

Cuidados com o cloro da piscina aquecida

Para o cloro, a situação é ainda mais complicada na água com aquecimento. Quando for acionado o sistema, será preciso fazer a medição do cloro a cada hora e corrigir os parâmetros sempre que preciso.

Assim que a água se estabilizar e mantiver os parâmetros da substância, então a verificação poderá ser feita a cada 12 horas, com as devidas correções, se necessário.

Se a água, nesse período de 12 horas, continuar se mostrando estável, então já podemos verificar o cloro apenas uma vez por dia, assim como o pH.

O cloro também ajuda a prevenir o aparecimento de algas, no entanto, se elas aparecerem, você pode utilizar um algicida para eliminá-las e acabar com a água verde.

Cuidados com as bordas da piscina aquecida

A água aquecida estimula a liberação de suor dos banhistas, e o resultado disso é o acúmulo de oleosidade nas bordas da piscina. Aumente a frequência de utilização do limpa-bordas para evitar que as impurezas fiquem difíceis de ser removidas.

Cuidados no dia a dia para manter a água limpa

Os cuidados acima são os básicos para a piscina aquecida, no entanto, você não poderá esquecer de que ela precisa de cuidados diários também.

É muito importante eliminar rapidamente todo e qualquer resíduo orgânico e impureza que cair na água. Folhas, sementes, galhos, flores, insetos e qualquer outro material precisa ser recolhido imediatamente.

Continue com a regra de tomar uma ducha antes do mergulho. Embora a água aquecida reduza as chances de choque térmico, o suor, produtos de beleza e impurezas do corpo ainda precisam ser removidos. E tenha sempre um eliminador de oleosidade, caso seja preciso tratar a água.

Não se esqueça de medir os parâmetros de alcalinidade também — aproveite o controle rigoroso do pH e do cloro para observar mais esse ponto e corrigi-lo sempre que preciso.

Essa manutenção diária é o que vai te ajudar a manter os parâmetros da piscina equilibrados. Como sua tendência é de desestabilização, é preciso evitar ao máximo as impurezas em contato com a água. Daí a necessidade de controle contínuo.

Como você pôde perceber, a piscina aquecida pode se manter saudável como uma sem aquecimento, no entanto, ela requer mais dedicação. Se você optar por instalar um sistema de aquecimento, esteja consciente dos cuidados que isso vai exigir.

Se não puder fazer esse controle pessoalmente, o ideal é manter alguém responsável por ele ou contratar um profissional que faça a manutenção. A piscina aquecida é um grande atrativo para o ano todo, porém, se não receber os devidos cuidados, em vez de lazer, você terá problemas com ela.

Outro recurso que pode deixar a área da piscina agradável, bonita e convidativa para as horas de lazer é o projeto de iluminação. Que tal conferir um guia completo para criar um projeto luminotécnico para piscinas?

POSTS RELACIONADOS


Share This