VISITE NOSSA LOJA VIRTUAL Loja Virtual de Piscina Loja Virtual de Piscina

No rol de adventos tecnológicos atuais, a internet deixou de ser um diferencial e, gradativamente, tornou-se o elemento-chave para compor as novas transformações sociais. Isso porque a bola da vez é a automação de processos.

Estamos falando de um termo abrangente, no fim das contas, e que tem se inserido nos mais diversos setores produtivos de nossa sociedade, como a indústria, os atendimentos comerciais e até mesmo os sistemas de logística.

Com isso, tudo indica que o futuro que víamos nas ficções-científicas, há alguns anos, está cada vez mais presente em nossos dias. E a automação de piscinas é mais um passo nessa direção.

Afinal, esse tipo de serviço e produtos tem nos mostrado como pode ser uma atividade mais conveniente e prática delegar algumas funcionalidades e tarefas de manutenção da área de lazer sob responsabilidade de máquinas.

Conectadas e interligadas, a comunicação é ágil, eficiente e inteiramente focada em nossos objetivos e necessidades. Tudo para tornar a piscina mais convidativa e segura para toda a família se divertir durante o ano inteiro.

Entre as opções que estão despontando no mercado — bem como algumas das possibilidades que estão para serem lançadas —, podemos destacar os robôs que limpam a piscina e os painéis de controle que ajudam a automatizar as funções de acessórios do reservatório, como as cascatas e a iluminação (interna e externa).

Pensando nisso, decidimos apresentar neste post algumas das principais apostas e tendências já consolidadas, em automação de piscinas, para que você fique por dentro do assunto e, quem sabe, encontre a inspiração necessária para investir nesse tipo de equipamento que promete agregar ainda mais comodidade, praticidade e valor à sua piscina. Confira:

O que pode ser automatizado na piscina

Partindo do princípio básico: a automação nada mais é do que a conveniência em delegar as suas tarefas e responsabilidades a um sistema que o faça sem necessitar de esforço humano.

Ou seja, por meio da automação de piscinas, os proprietários desse agradável item que faz toda a diferença em uma área de lazer podem desfrutar ainda mais das sensações boas que ele tem a oferecer.

Atualmente, o leque de versatilidade dos acessórios de automação de piscinas é extenso, podendo ir desde a programação dos ciclos de filtragem até o controle de temperatura, limpeza e controle de pH e alcalinidade da água.

A parte mais interessante dessa mudança impactante na maneira com a qual os proprietários lidam com a rotina de limpeza e manutenção da sua piscina é que os sistemas tendem a ser simples de instalar, práticos de utilizar e sem grandes interferências na estrutura da piscina.

Trata-se de um tipo de tecnologia que pode, inclusive, passar a ser mais trabalhado a partir da sua própria popularização. Exemplo claro disso são as tecnologias que, além de serem controladas por meio de painéis centrais, também poderão ser acessadas via smartphone ou de outro dispositivo com acesso à internet.

Assim, enquanto você relaxa da sua própria cadeira de descanso, à beira da piscina, é possível fazer com que a temperatura da água fique de acordo com o seu gosto ou mesmo que as luzes internas se acendam, criando o cenário ideal para desfrutar a área externa.

Ou, ainda, em uma situação mais conveniente: você ajusta a piscina para que fique do seu agrado enquanto você ainda está no trabalho. Ao chegar à sua casa, você já terá um ambiente convidativo para um mergulho relaxante e na medida certa para o seu conforto.

Como funciona o processo de automação de piscinas

Isso varia de acordo com as suas necessidades e intenções com a tecnologia de automação de piscinas. Há quem prefira a solução para ajudar a manter a água limpa e desinfetada. Outros, a comodidade e a possibilidade de ter o controle dos acessórios na palma da mão.

O fato é que, ao contar com o poder de limpeza promovido pela automação de piscinas, você reduz a necessidade de uma mão de obra especializada (ou da sua disponibilidade) para cuidar da higienização da piscina.

Além disso, havendo a possibilidade de programar a manutenção periódica da piscina, você também terá que se preocupar cada vez menos em lidar com os aspectos técnicos de limpeza, como a quantidade de produtos químicos utilizada, por exemplo.

Isso ocorre por meio das facilidades promovidas pela tecnologia de automação de piscinas, cujo painel de comando central — normalmente, localizado na sua casa de máquinas — conta com um timer que liga e desliga automaticamente, de acordo com as suas preferências.

Dessa maneira, o comando é enviado à bomba, mediante as instruções pré-programadas, que é acionada e é iniciado o processo de limpeza da piscina. Uma qualidade importantíssima para quem dispõe de pouco tempo para lidar com a manutenção do local, e também conta até mesmo com boa dose de economia no consumo de energia elétrica.

Afinal de contas, ao ser acionada somente quando necessário, a economia é mera consequência dos comandos programados no painel.

Como se beneficiar dos produtos de automação de piscinas

Anteriormente, falamos a respeito da automação de piscinas por meio de um painel de comando que pode se encarregar da manutenção na qualidade da água. No entanto, esse não é o único aspecto do qual você pode se beneficiar ao optar por mais tecnologia na área externa da sua casa, sabia?

A seguir, vamos falar de outros produtos que têm tudo para transformar a sua rotina à beira da piscina muito mais conveniente e relaxante!

Robô para limpar piscinas

À medida que a bomba estiver em funcionamento e os químicos, aplicados, você pode também abrir mão da tarefa de aspirar o fundo da piscina — algo que costuma consumir bons minutos do dia.

Para isso, estão cada vez mais populares os robôs para limpar piscinas, que, embora não sejam exatamente produtos novos no mercado, estão cada vez mais modernos e versáteis.

A começar pela praticidade do produto em si. Portáteis e funcionais por meio de energia elétrica, a única exigência para colocá-lo em uso, portanto, é a proximidade com uma tomada — em geral, o cabo é extenso, o que não se torna um problema para quem não conta com um acesso à energia elétrica tão próximo à piscina.

Além disso, os robôs para limpar piscina se caracterizam pela diversidade de serviços prestados debaixo d’água, como:

  • possibilidade de aspirar a sujeira;
  • esfregar o chão da piscina;
  • facilidade para escalar as paredes internas, podendo ajudar na remoção de sujeiras acumuladas na borda piscina;
  • limpeza na superfície da água também — para remover folhas, por exemplo.
  • Capacidade de filtração de até 2 micra.

Tudo isso é armazenado em uma bolsa no robô, que deve ser limpa após o uso. Acaba sendo esse o trabalho humano após contar com o auxílio desse produto de automação de piscinas para limpar o fundo, as paredes e a superfície da sua área de lazer.

Sistema de automação de piscinas para desinfecção da água

Nesses casos, é possível trabalhar com um sistema que filtre e também faça o processo de aplicar o cloro na água — alguns modelos por meio de cloro em tabletes, líquido ou granulado.

Além disso, o sistema pode ser aplicado tanto em piscinas menores e particulares como em piscinas públicas. O importante é conferir o quanto o sistema consegue cobrir, bem como programar os dados para que o processo seja feito eficientemente na sua piscina.

Sistema para controlar a temperatura da água

Na automação de piscinas, como havíamos antecipado, é possível também lidar com o controle de temperatura da água, embora especialistas recomendem que, para isso, não seja utilizada a mesma bomba dedicada ao sistema de filtração.

Além disso, o painel também vai depender do uso de um equipamento apropriado para controlar a temperatura, como um aquecimento via bombas de calor ou mesmo a gás ou por meio de energia solar.

Assim, ao manter a temperatura desejada no termostato, a informação é enviada ao painel de controle, que vai ativar o equipamento no momento desejado automaticamente. Isso com as bombas de calor. No sistema de aquecimento a gás, um termostato deve ser instalado na tubulação para piscina para que o sensor absorva a informação e emita o sinal.

Por fim, quando a piscina é aquecida por meio de painéis solares, a bomba de recirculação possui papel determinante em manter a água na temperatura desejada, desligando o termostato assim que o valor programado for atingido.

Ou seja: toda essa conveniência pode ser praticada e fazer parte da sua rotina. O que envolve, também, um investimento que vai se pagar ao longo do tempo. Pense, por exemplo, na economia em não necessitar mais de mão de obra seguidas vezes para higienizar a sua piscina.

E, por isso, vamos ver logo abaixo o quanto pode custar esse tipo de investimento para contar com um painel de controle eficiente para realizar a automação de piscinas!

Custo da automação de piscinas

Podemos citar 2 tipos de produtos que podem auxiliar nos objetivos de promover a automação de piscinas:

I Pool — Standard

O I Pool Standard desponta para oferecer mais comodidade para todos os momentos na sua área externa. Com ele instalado, basta ligar os equipamentos da sua piscina na central do aparelho.

Como resultado, você passa a contar com diversas funcionalidades acionáveis no mesmo equipamento, como:

  • cascata;
  • hidromassagem;
  • iluminação.

Entre outros acessórios, como a bomba do filtro. E tudo por meio de um controle remoto, cujo investimento total gira em torno de R$ 1 mil a R$ R$ 1,2 mil.

Dosador de cloro automático para piscinas Sodramar

Aqui, temos um equipamento que atua com grande versatilidade para complementar os equipamentos indispensáveis para piscina que você já possui em casa. Mas, nesse caso, o foco é a automatização no tratamento químico da sua água — igual ao mencionado no tópico anterior.

Para isso, basta instalá-lo na tubulação de retorno da piscina e contar com o providencial auxílio desse tipo de tecnologia de automação de piscinas.

Vale ressaltar, também, que o dosador de cloro automático para piscinas Sodramar trabalha com os seguintes aspectos técnicos:

  • pressão máxima de operação de 2,25 quilogramas-força/centímetro quadrado ou 32 libra-força por polegada quadrada;
  • dissolução máxima de cloro estabilizado de 36 gramas/constante de Planck;
  • capacidade máxima para o tratamento de piscinas com 30 metros cúbicos ou 300 mil i;
  • capacidade de carga de até 2 quilos de cloro estabilizado em tabletes.

Além disso, o produto conta como diferencial a capacidade em manter a alcalinidade da água entre 80 e 120 partes por milhão, bem como o nível de pH da água entre 7,0 e 7,4.

O valor para esse tipo de produto varia, em média, em torno de R$ 250,00.

Além disso, existem outros produtos como aqui já foi mencionado, valendo uma menção especial ao robô para limpar piscinas, cujo investimento é um pouco maior.

Hoje em dia, encontram-se no mercado modelos que podem chegar a até R$ 10 mil, mas vale a pena pesquisar previamente para encontrar o tipo de produto que melhor se adapte às suas necessidades e que, como já adiantamos, que se pague com o tempo de uso.

Prepare-se para a Internet das Coisas na sua piscina

Como vimos, até aqui, a automação de piscinas tem se apoiado nos últimos anos no auxílio de produtos programáveis, que podem tornar a rotina muito mais conveniente.

Acontece que os últimos avanços tecnológicos também têm caminhado em outras direções, e muito mais alinhados com as possibilidades relacionadas com a Internet das Coisas.

E, caso o termo ainda seja uma novidade para você, nós explicamos brevemente: a Internet das Coisas é basicamente a integração da conectividade em aparelhos, equipamentos e itens em geral com os quais interagimos diariamente.

É o caso, por exemplo, de eletrodomésticos, automóveis ou mesmo sistemas de computador que nos ajudam a tomar decisões mais assertivas e rápidas, ou mesmo que automatizem processos, eliminando o esforço humano nesses casos.

Um bom exemplo disso são os carros mais recentes e automatizados, cujo diferencial reside em computadores e sensores espalhados por todo o veículo e que analisam, coletam e enviam constantemente dados entre si para averiguar o funcionamento das peças e dos componentes.

Assim, o condutor obtém um dado muito mais preciso e confiável a respeito de quando deverá ou não substituir as peças do seu carro — algo que pode ser recebido via e-mail ou monitorado por um aplicativo, por exemplo.

São cenários e possibilidades, entretanto, que vão muito além do setor automotivo e já estão marcando presença em grandes fóruns de discussão ao redor do mundo. Inclusive, um dado curioso que surgiu no Internet of Things World Forum mostrou que, até 2020, a média de processadores de computador, por residência, ficará entre 100 e 500 unidades.

Uma combinação, portanto, de tecnologias que podem otimizar a nossa rotina em muitos aspectos, nos quais os aparelhos vão dispor de dados e informações controláveis para aumentar a nossa segurança e bem-estar e, ainda, promover mais praticidade para lidarmos com os objetos cotidianos.

No caso da automação de piscinas, a Internet das Coisas pode dialogar com muito mais fluidez e qualidade por meio dos produtos aqui mencionados. E você não precisa estar, necessariamente, próximo a eles devido ao alcance de um controle remoto.

Com aplicativos, esteja você onde estiver, será possível programar os equipamentos para limpar a piscina ou controlar a temperatura para que você a encontre no ponto ideal para desfrutá-la quando chegar em casa.

Sem falar que você poderá ter uma comunicação eficiente para ligar a iluminação interna, por exemplo, utilizar a quantidade certa de produtos químicos para controlar o nível de pH da piscina ou a sua alcalinidade e, ainda, dispor de sensores que permitam a leitura correta.

Consequentemente, isso vai ajudar a evitar desperdícios no material utilizado, bem como tornar muito mais eficiente o processo de limpeza e manutenção da piscina. Você vai ter apenas a necessidade de programar os equipamentos, inicialmente, e deixar que as leituras façam o trabalho por você, em seguida.

É claro que a tecnologia ainda está engatinhando, mas já existem modelos que permitem essa automação de piscinas mais completa e que, no exterior, tem um custo estimado em 1,5 mil dólares.

Outros projetos, entretanto, ainda estão em estudo e análises para tornar todo o ambiente mais seguro, controlado e otimizado por meio da tecnologia de automação de piscinas. Será o passo inicial para termos, na ponta dos dedos, um controle cada vez maior de nossas residências.

Ou seja: com conexão à internet, um dispositivo (como um computador, notebook, tablet ou smartphone) e os aparelhos que permitam essa integração e comunicação de dados, vamos passar a dialogar com os mais diversos equipamentos de nossas casas — incluindo as piscinas.

E, para recapitular algumas das possibilidades, vamos listá-las logo abaixo. A Internet das Coisas poderá nos ajudar a controlar, a distância:

  • a iluminação da piscina;
  • a hidromassagem, casca e outros tipos de acessórios;
  • o acionamento da bomba de filtragem;
  • colocar em uso produtos de limpeza da piscina;
  • o controle automatizado dos produtos químicos necessários para limpá-la;
  • o ajuste da temperatura da água.

É, portanto, algo que vale a pena manter o acompanhamento para equipar a sua piscina à medida que surgirem oportunidades e necessidades.

Convém manter um olho atento às novidades do setor e descobrir os caminhos para onde as mais novas tendências tecnológicas têm apontado. Algo que pode tornar a rotina mais tranquila, segura e sob o nosso controle. E que, com o tempo, o seu investimento é devidamente justificado pelas múltiplas conveniências propostas.

Conclusões sobre a automação de piscinas

Ao longo deste post, nós falamos a respeito das principais tendências que já estão disponíveis no mercado e que têm contribuído ativamente para tornar a manutenção e limpeza da piscina menos dificultada e muito mais conveniente, como:

  • o uso de robôs para limpar piscinas;
  • a disponibilidade de painéis de controle que acionam a bomba de filtragem e controlam a temperatura da água;
  • dosadores automáticos que ajudam na administração de cloro na água.

Entretanto, estendemos o assunto de automação de piscinas para um aspecto que tem levantado cada vez mais discussões — e muitas delas extremamente otimistas: o uso da Internet das Coisas em nossa rotina.

Com o seu conceito aplicado à automação de piscinas, o futuro — em curto prazo — nos promete surpresas para que possamos obter mais controle na automatização de processos variados, como a limpeza e manutenção da piscina — principalmente, no que diz respeito ao uso exato de químicos para mantê-la em condições apropriadas de uso.

Sem falar nessa integração de sensores, sistemas e programas conectados e integrados, que poderão promover muito mais segurança para os usuários da sua piscina, e conveniência para usá-las nas melhores condições possíveis assim que desejado.

No entanto, a Internet das Coisas ainda está em uma etapa embrionária, servindo mais para explorarmos as principais possibilidades dessa próxima grande revolução tecnológica. O que podemos fazer, nesse intervalo, é já nos maravilharmos com as grandes transformações que já podem nos ajudar a manter a piscina limpa e atrativa.

Um dos principais lugares para observar essas tendências é uma boa loja virtual. Nesse caso, é importante que você — que já procura meios de se inteirar a respeito de algumas providências tecnológicas — encontre e acompanhe um local que concentra grandes marcas e produtos.

Para complementar o seu interesse em modernizar a sua piscina e potencializar os benefícios de possuir um modelo automatizado na sua casa, nós preparamos um material especial. Para isso, basta você fazer o download gratuito do e-book “Área de lazer dos sonhos: o guia prático para renovar a sua piscina“.

Nas páginas desse guia, você vai se aprofundar um pouco mais a respeito de algumas das principais novidades que podem dar o pontapé inicial para remodelar inteiramente a sua piscina. Tudo sempre focando no bem-estar de toda a sua família para desfrutar da piscina o ano inteiro!

Powered by Rock Convert

POSTS RELACIONADOS


Share This