4 principais problemas com a bomba de piscina e como resolvê-los

como-reduzir-os-custos-com-piscinaPowered by Rock Convert

As bombas de piscina são fabricadas para ter bastante durabilidade, suportando efeitos como exposição solar, umidade e outras intempéries. No entanto, alguns problemas, inevitavelmente, poderão aparecer, principalmente se a bomba for usada por longos períodos.

Os defeitos mais comumente relatados são aqueles que trazem prejuízos às funções mais básicas do equipamento, como a própria filtragem da água. Mas existem alguns outros probleminhas que, se identificados e consertados sem demora, não trarão grandes consequências ao funcionamento da bomba.

Foi pensando nisso que resolvemos elaborar este artigo mostrando 4 dicas sobre como resolver os problemas mais frequentes na bomba de piscina!

Vamos lá?

1. Superaquecimento do motor

Existem alguns fatores que podem fazer com que a bomba fique superaquecida, sendo o mais comum o entupimento do rotor (componente dotado de pás que gera energia à piscina) devido à aspiração de cabelos e outros resíduos. Falhas cometidas durante a instalação da bomba também podem ser motivos de possíveis superaquecimentos.

Se o problema não for resolvido logo, o motor poderá queimar, causando muito mais prejuízo. Por isso, assim que perceber que o motor da bomba está ficando mais quente que o normal, verifique que não há algo obstruindo o canal de sucção, como os resíduos mencionados acima. Caso não haja, o entupimento pode estar nos componentes da própria motobomba. Se você mesmo decidir retirar os resíduos, tome muito cuidado e utilize os equipamentos de proteção necessários, pois algumas peças podem ser cortantes.

2. Barulhos incomuns e incômodos

Se o barulho não estiver interferindo no funcionamento da bomba, não se trata de um problema propriamente dito, mas sim de um inconveniente que pode ser facilmente resolvido.

Por exemplo, aqueles ruídos de vibração, que fazem com que o piso trepide, costumam ser facilmente solucionados por meio da aplicação de um suporte na base da bomba.

No entanto, alguns barulhos podem indicar algo mais sério, como a cativação, que é um problema decorrente da insuficiência no recebimento de água. Em geral, isso ocorre porque a tampa do filtro acaba ficando frouxa com o tempo, além de obstruções em alguma tubulação.

Nesse caso, é preciso chamar um técnico para resolver o problema.

3. Falta de pressão na filtragem ou aspiração da água

Esse é um problema bastante frequente e pode ter inúmeras causas. Em geral, o defeito é percebido quando ocorre o acúmulo de resíduos no fundo da piscina, já que a capacidade de sucção da bomba está comprometida.

Isso pode ocorrer devido a rasgos na mangueira de aspiração, sujeira excessiva no filtro ou danos na tampa do pré-filtro, que ocasiona entrada de ar. Se o problema não for resolvido, pode ocorrer a queima do motor.

A sujeira no filtro é, obviamente, o fator mais fácil de ser solucionado, bastando retirá-lo e lavá-lo. Já os furos na mangueira podem ser resolvidos com adesivos termofixos, dependendo de sua extensão.

4. Vazamentos

Os vazamentos na bomba ocorrem, geralmente, devido a alguma fissura no selo mecânico (que tem a função de fazer a vedação da parte interna).

Sendo assim, o problema pode ser facilmente resolvido com a substituição do selo ou com uma emenda no rasgo ou fissura. Caso seja preciso realizar a troca completa, esses componentes são facilmente encontrados em estabelecimentos especializados.

Como visto, problemas na bomba de piscina podem ocorrer, mas é preciso ficar atento para percebê-los no início e correr atrás da solução, de modo que não haja maiores prejuízos.

Gostou do artigo? Se ficou alguma dúvida, entre em contato conosco que teremos o maior prazer em atendê-lo!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.